Bolsonaro participa em Brasília de ato contra o Congresso Nacional

Bolsonaro agita a bandeira do Brasil, enquanto o público canta palavras de ordem pelo fechamento do Congresso Nacional.
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) traiu o acordo com o Congresso Nacional ao convocar e participar, em Brasília, de protesto contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Bolsonaro compareceu à paisana, neste domingo (15), em frente ao Palácio do Planalto, e acenou para manifestantes que gritavam que “a nossa bandeira, jamais será vermelha”. Ele agitou a bandeira para alguns correligionários que estavam no local.

Ao longo do dia de hoje, o presidente da República ignorou o alerta que ele mesmo fez em pronunciamento na TV, na última quinta-feira (12), e intensificou a convocação dos bolsominions para irem às ruas. Mais do que isso: ele próprio compareceu à manifestação.

Bolsonaro publicou em seu Twitter diversos vídeos e fotos com protestos contra o STF e o Congresso. Em síntese, ele não sustentou nem o que ele disse há três dias: não participem dos atos para não espalhar o coronavírus.

Assista ao vídeo:

LEIA TAMBÉM
Em artigo, OAB, ABI e CNBB defendem a neutralização urgente das ameaças às instituições

Bolsonaro ignora coronavírus e estimula protestos contra Congresso e STF

Mesmo sob o coronavírus, a Folha não solta a mão de Guedes e Bolsonaro