ABI exige que Witzel garanta proteção ao deputado David Miranda

Compartilhe agora!


A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) lamentou, por nota, a negativa do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, em dar proteção ao jornalista e deputado David Miranda (PSOL) e seus familiares. A entidade pede que “Witzel reveja sua decisão e ressalta que é dever do Estado proteger qualquer cidadão”.

A solicitação de escolta policial ocorreu após o deputado denunciar para a Câmara dos Deputados e para a Polícia Federal as ameaças vinha sofrendo. O parlamentar é casado com o também jornalista Glenn Greenwald, membro fundador do site “The Intercept”, que está publicando uma série de mensagens atribuídas a Sérgio Moro e ao procurador Deltan Dallagnol, indicando combinações nas atuações da operação Lava Jato.

O pedido feito pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, foi negado sobre o argumento que a legislação proíbe a proteção particular.

Bolsonaro não quer filmes com temas LGBTQ aprovados pela Ancine

Lula completa 500 dias preso injustamente; assista ao vídeo

Leia a nota oficial da ABI:

Diante da negativa do governador Wilson Witzel em oferecer proteção ao jornalista e deputado federal David Miranda, companheiro de Glenn Greenwald, que vêm sofrendo ameaças de morte, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) vem a público afirmar o seguinte:

1) É direito de qualquer cidadão com a integridade física ameaçada receber proteção do Estado;
2) David Miranda é uma figura pública, detentor de um mandato de deputado, e comprovadamente tem recebido ameaças, assim como sua família;
3) Nos momentos em que David está em Brasília exercendo seu mandato de deputado federal, ele tem tido proteção da Polícia Federal, a pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia;
4) Ao negar-se a dar proteção a David e seus parentes, apesar da solicitação de Maia nesse sentido, o governador Witzel automaticamente torna-se também responsável por qualquer atentado que eles sofram;
5)A ABI espera que o governador reveja sua posição e cumpra seu dever, protegendo David e sua família.

Paulo Jeronimo de Sousa
Presidente da ABI

Cid Benjamin
Vice-Presidente da ABI e presidente da Comissão de Direitos Humanos da entidade

Compartilhe agora!