Por Esmael Morais

Em live, Bolsonaro defende o trabalho infantil

Publicado em 04/07/2019


Em ‘live’ nesta quinta-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu o trabalho infantil e na transmissão “lembrou que com 10 anos de idade “quebrava milho” na fazenda em que o pai trabalhava. “E não me faz mal nenhum. E era trabalho pesado”, disse. A declaração do presidente fere as políticas públicas de proteção da criança e da adolescência vigentes no país.

Bolsonaro ainda arremeteu aos que são contra a permissão para crianças trabalharem, mas que “não falam nada quando a criança tem um ‘paralelepípedo’ de crack na mão”. “Mas fiquem tranquilos. Não vou apresentar nenhum projeto sobre isso porque eu seria massacrado”, afirmou.

Ele também disse que aprendeu a dirigir com esta idade, em tratores da fazenda e ainda a atirar caçando no mato.

A legislação brasileira atual proíbe trabalho para menores de 16 anos no país, exceto na condição de aprendiz, que só pode ser exercida a partir dos 14 anos.

As declarações, além de infelizes, revelam um presidente despreparado e primário.

Assista ao vídeo: