Por Esmael Morais

PT emite nota em defesa da educação brasileira

Publicado em 09/05/2019

PT A direção nacional PT divulgou uma nota no início da noite desta quinta-feira (9) em que saúda as mobilizações contra os cortes do governo Bolsonaro na educação e convoca a militância do partido para participar da greve nacional dos professores no dia 15 de maio.

“O PT convoca sua militância e recomenda a seus parlamentares e instâncias a estreitar laços de colaboração com esta importante jornada de luta popular”, diz trecho da nota.

LEIA TAMBÉM:
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC comemora aniversário de 60 anos com ato por Lula livre

Leia a íntegra da nota:

A Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores saúda a mobilização iniciada nos últimos dias por estudantes, funcionários e professores em dezenas de cidades de vários estados do Brasil, em assembleias e passeatas contra os cortes na educação promovidos em todos os níveis pelo governo de Jair Bolsonaro.

A educação é pilar inegociável do futuro da nação.

Ao despejar sobre a educação as consequências de uma política nefasta de “ ajuste fiscal”, que só agrava a estagnação da economia, o Governo Bolsonaro revela a crescentes setores da população o seu total descompromisso com a construção do Brasil como nação. Ao contrário, se engaja em desconstruir muitas conquistas que temos orgulho de ter alcançado nos nossos governos, nos parlamentos e no movimento social.

A Comissão Executiva Nacional do PT, informada sobre a convocação pelas entidades sindicais e representativas do setor, do Dia Nacional de Mobilização da Educação no dia 15 de maio, declara sua completa solidariedade, convoca a militância do PT e recomenda a seus parlamentares e instâncias a estreitar laços de colaboração com esta importante jornada de luta popular.

Em defesa da educação!

Não à reforma da Previdência!

Lula Livre

Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores