A lava jato deixou rastro de destruição de empregos no país

A lava jato fez e continua fazendo muito mal ao Brasil e aos brasileiros. A Folha conta neste domingo (18), por exemplo, que o fechamento de uma unidade de abate de frango da JBS em Morro Grande (SC) gerou a demissão de 740 funcionários, desses 400 no município e 340 na região.

LEIA TAMBÉM
Lava jato causou prejuízo de R$ 160 bi à Petrobras, diz balanço

Quando uma empresa multinacional brasileira fecha as portas, como a JBS, com certeza, uma multinacional estrangeira toma-lhe o lugar no competitivo mercado internacional de proteína animal.

No balanço da lava jato, na sexta (16), em Porto Alegre, os procuradores disseram que recuperaram R$ 1,6 bilhão para os cofres públicos em quatro anos. No entanto, só na Petrobras, causaram prejuízo de R$ 160 bilhões no mesmo período, de acordo com levantamento da estatal.

Até a conclusão da lava jato estima-se a recuperação de R$ 6 bilhões pela força-tarefa. O diabo é que até lá, se ainda existir Brasil, o prejuízo da nação terá sido mais de R$ 3 trilhões.

O balanço parcial ‘correto’ inclui ainda 12,7 milhões de desempregados, fechamento de estaleiros, perda de memória técnica na engenharia, doação de ativos como petróleo e gás, da Embraer, etc.

Não se entra aqui na questão moral da lava jato, que blinda políticos tucanos como Paulo Preto e os bancos privados. Portanto, no balanço material o saldo é negativo para a sociedade — e tende a piorar.

Comentários encerrados.