10 de novembro de 2016
por Esmael Morais
14 Comentários

Deputado absolvido por violência contra ex-noiva sugere modificar Lei Maria da Penha; assista

O deputado federal Osmar Bertoldi (DEM) afirmou nesta quinta (10), ao comentar absolvição em processos que o acusavam de violência contra a ex-noiva, que pretende modificar a Lei Maria da Penha. Leia mais

2 de novembro de 2016
por Esmael Morais
14 Comentários

Bertoldi assume cadeira na Câmara após absolvição da acusação de estupro da ex-noiva

O empresário Osmar Bertoldi (DEM) assumiu na tarde desta terça-feira (1º), em Brasília, o mandato de deputado federal. A posse foi dada pelo 1º vice-presidente da Câmara Federal, deputado Waldir Maranhão (PP-MA) e pelo 1º Secretário Beto Mansur (PRP-SP). Leia mais

27 de outubro de 2016
por Esmael Morais
21 Comentários

MBL perde único deputado federal; Bertoldi assume Câmara na 2ª feira

martins_bertoldiO suplente Osmar Bertoldi (DEM-PR) foi absolvido nesta quinta (21) de quatro denúncias de crimes na Justiça Criminal de Curitiba. Com a decisão, Bertoldi assume a vaga de deputado federal na Câmara já na próxima segunda-feira (31) e o segundo suplente, Paulo Martins (PSDB-PR), representante do MBL, volta para a casa. Leia mais

24 de março de 2016
por admin
3 Comentários

Coluna do Requião Filho: PSDB encobre aliados custe o que custar

Download áudio

Requião Filho*

O PSDB não se cansa de atacar o Governo Federal, como se fossem baluartes da moralidade brasileira, representantes da mais fina casta política superior desde o berço. Seus filiados, aqui no Paraná, seguem o mesmo estratagema, mas todos não passam, sequer, de meros Rolex paraguaios…

Não se ofendam senhores! Mas os fatos falam por si. Críticas acirradas à nomeação de um famoso ministro, alegações jogadas de que se estaria violando a probidade, que haveria obstrução da justiça, dentre outros dizeres atualmente no topo da moda, que não passam de mero discurso pronto, tomaram a agenda do PSDB, que não enxerga o próprio umbigo.

Mas, aqui nesta coluna, podemos auxiliar a memória dos membros do partido, que não medem esforços para de fato proteger seus aliados.

O mais recente caso é a tentativa de dar foro privilegiado a suplente de Deputado Federal, que atualmente se encontra recolhido no sistema penitenciário, por infração à Lei Maria da Penha. Para conseguir tal intento, o governo realizou a troca do comando da Casa Civil, abrindo vaga na Câmara dos Deputados. O interessante vai ser o novo Deputado assumir sua cadeira com um visual pós Piraquara, com a careca a mostra. Este é o orgulho de ser PSDB.

Não é diferente a situação do famoso assessor da “sogra fantasma”, hoje Secretário de Estado, cuja nomeação se deu às vésperas de Leia mais

21 de março de 2016
por Esmael Morais
15 Comentários

Richa abre vaga na Câmara Federal para Bertoldi, que está preso

O governador Beto Richa (PSDB) segue “inovando” no Paraná. O tucano conseguiu a proeza de uma abrir uma vaga na Câmara Federal para o suplente Osmar Berdolti (DEM), que está preso há quase um mês.

O suplente de deputado foi preso porque bateu na ex-mulher e descumpriu ordem judicial de não chegar perto da moça.

Bertoldi assumirá a vaga deixada pelo deputado Valdir Rossoni (PSDB), que assumiu a chefia da Casa Civil nesta segunda-feira (21). Mas, para isso, precisará de um Habeas Corpus. “Já ingressamos com o pedido em juízo”, disse ao Blog do Esmael o advogado Cláudio Dalledone Júnior.

Curiosamente, Rossoni também teve um entrevero nas redes sociais com uma professora de Curitiba. Ele a chamou de “biscate”, o que gerou protestos na categoria.

Na linha de sucessão, também estão os suplentes Nelson Padovani (PSC) e Paulo Martins (PSC) — primeiro e segundo suplentes, respectivamente.

Além de Rossoni, o deputado Ricardo Barros (PP) deixou a Câmara para assumir a Secretaria de Estado do Planejamento.

Como se vê, Richa continua inovando (para pior), pois, recentemente foi o primeiro governador paranaense investigado com autorização do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Leia mais

21 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Ex-deputado foi demitido por espancar ex-mulher. Richa deveria renunciar pelo massacre de 213 professoras?

O governador Beto Richa (PSDB) foi rápido no gatilho ontem (20) ao demitir o diretor da Cohapar, ex-deputado Osmar Bertoldi (DEM), após repercussão da violência contra sua ex-mulher Tatiana Bittencourt. O tucano tomou a decisão com medo de que o entrevero também atingisse sua “imagem”.

Richa deveria utilizar a mesma métrica consigo mesmo para penitenciar-se pelos pecados do dia 29 de abril, quando 213 professoras foram covardemente massacradas no Centro Cívico. Ou seja, o governador do PSDB poderia aproveitar a reflexão de fim de ano e pedir para sair.

O governador jura que não teve outra opção a não surrar os “black blocs” que lutavam contra o confisco da ParanáPrevidência. Bertoldi, demitido por Richa, também se diz vítima de “armação” da ex-mulher que tenta extorquir-lhe R$ 1,7 milhão.

Osmar Bertoldi é suplente do deputado federal pela coligação que reelegeu Richa (PSDB-DEM-PR-PSC-PTdoB-PP-SD-PSD-PPS). No início de 2015, ele assumiu a cadeira na Câmara, entre fevereiro e maio, com a licença de Fernando Francischini (SD), que no período foi secretário da Segurança Pública.

A seguir, leia a íntegra da nota de esclarecimento de Osmar Bertoldi:

“Aos Familiares, Amigos e Eleitores.

Em razão da publicidade que vem sendo dada às inverídicas acusações feitas por Tatiane Lucia Selhorst Bittencourt, venho a público esclarecer que, em 15 de agosto de 2015, houve efetivamente um lamentável desentendimento. Ambos tivemos ferimentos e acabei sofrendo lesões nos braços, rosto e dentes, inclusive tendo me submetido a exames e lavrado laudo de corpo de delito. Tal desentendimento foi motivado pela discordância sobre o regime de casamento.

É inverídica a afirmação de que Tatiane foi mantida em cárcere privado, eis que permaneceu em minha residência por livre e espontânea vontade, pelo tempo que quis ficar. Tinha as chaves da casa e controle do portão, acesso a telefones, ligando para familiares e amigos, internet, inclusive com postagens em redes sociais e recebeu visita de três amigas. Em suma, teve vida normal durante todo o tempo.

Após deixar a minha residência Tatiane, para não tornar público o fato, passou a exigir a quantia de aproximadamente R$1,7 milhão, mediante documento protocolado em cartório. Tudo isso vem sendo investigado pela Polícia Civil.

Por não receber os valores exigidos, quatro meses após os Leia mais

20 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

Beto Richa demite ex-deputado procurado pela Justiça

O governador Beto Richa (PSDB), por meio da presidência da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná), demitiu o ex-deputado Osmar Bertoldi (DEM) de uma diretoria do órgão.

Segundo informações preliminares, o diretor da Cohapar foi exonerado do cargo por “quebra de confiança”, depois que ele teve a prisão decretada por espancar a ex-mulher (clique aqui para assistir reportagem da TV Record).

A exoneração do ex-deputado será publicada nesta segunda-feira (21).

O juiz Rodrigo Simões Palma, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Curitiba, decretou prisão domiciliar de Bertoldi, que está foragido há 20 dias.

Osmar Bertoldi é suplente do deputado federal pela coligação que reelegeu Richa  (PSDB-DEM-PR-PSC-PTdoB-PP-SD-PSD-PPS). No início de 2015, ele assumiu a cadeira na Câmara, entre fevereiro e maio, com a licença de Fernando Francischini (SD), que no período foi secretário da Segurança Pública.

Leia mais

20 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Diretor de Beto Richa acusado de espancar ex-mulher foge para não ser preso; assista ao vídeo

O primeiro suplente de deputado federal Osmar Bertoldi (DEM), diretor da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), está foragido da Justiça há 20 dias, depois de espancar a ex-mulher Tatiane Bitencourt.

Segundo relato da vítima, Bertoldi a agrediu após receber um “não” ao pedido de casamento. Abaixo, assista ao vídeo:

De acordo com reportagem do Jornal da Record, o agressor chegou a ficar em prisão domiciliar e com tornozeleira eletrônica, mas fugiu e não foi mais encontrado. A vítima está com medo.

Osmar Bertoldi é suplente do deputado federal pela coligação que reelegeu Richa  (PSDB-DEM-PR-PSC-PTdoB-PP-SD-PSD-PPS). No início de 2015, ele assumiu a cadeira na Câmara, entre fevereiro e maio, com a licença de Fernando Francischini (SD), que no período foi secretário da Segurança Pública.

Leia mais

24 de novembro de 2014
por Esmael Morais
11 Comentários

Secretariado de Richa: Rossoni na Casa Civil; Sciarra na presidência da Copel

bertoldi_sciarra_rossoni_richa.jpgFalta muito pouco para o governador Beto Richa (PSDB) resolver o principal impasse para o secretariado de seu segundo mandato: a chefia da Casa Civil. ... 

Leia mais

6 de agosto de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

“Fiscal do Requião” flagra candidatos louquinhos! para pular a cerca

Genival, alter ego do senador Roberto Requião, ganha perfil no Facebook para receber denúncia de abuso do poder econômico durante a campanha; "Crime eleitoral é o escambau", grita Genival, também conhecido como "Fiscal do Requião", que estimula delação pelas redes sociais; na primeira ronda de trabalho, nesta quarta-feira (6), Genival tirou retrato de placas dos deputados Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), Mauro Moraes (PSDB) e Osmar Bertoldi (DEM). Em comum, todos eles, omitiram as candidaturas de Requião e do governador Beto Richa (PSDB) da propaganda de rua; taca-lhe pau, Genival!, diz no perfil do Fiscal do Requião.

Genival, alter ego do senador Roberto Requião, ganha perfil no Facebook para receber denúncia de abuso do poder econômico durante a campanha; “Crime eleitoral é o escambau”, grita Genival, também conhecido como “Fiscal do Requião”, que estimula delação pelas redes sociais; na primeira ronda de trabalho, nesta quarta-feira (6), Genival tirou retrato de placas dos deputados Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), Mauro Moraes (PSDB) e Osmar Bertoldi (DEM). Em comum, todos eles, omitiram as candidaturas de Requião e do governador Beto Richa (PSDB) da propaganda de rua; taca-lhe pau, Genival!, diz no perfil do Fiscal do Requião.

A campanha do senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, criou o personagem Genival com o intuito de receber denúncias de abuso do poder econômico na campanha eleitoral. O alter ego do peemedebista até ganhou um perfil “Taca-lhe pau, Genival” no Facebook para interagir com eleitores. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo