9 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Indicado de Bolsonaro para o Ministério do Meio Ambiente é réu em ação ambiental

Indicado de Bolsonaro para o Ministério do Meio Ambiente é réu em ação ambiental

O futuro ministro do Meio Ambiente do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), Ricardo de Aquino Salles, é réu de ação civil pública ambiental e de improbidade administrativa, movida pelo Ministério Público em São Paulo. ... 

Leia mais

10 de março de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Lula vê “banditismo” em pedido de prisão do Ministério Público de SP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por meio do Instituto Lula, disse nesta quinta-feira (10) que o pedido de sua prisão é “banditismo” dos promotores do Ministério Público de São Paulo Cássio Conserino e José Carlos Blat.

“(Os promotores) Estão usando um cargo público para cometer banditismo e descabida militância política”, contra-atacou o Instituto.

Para setores do PT, o factoide dos promotores tucanos teria como objetivo animar a manifestação de domingo 13 pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Parece que o pedido de prisão contra Lula serviu para incendiar a militância petista. Pelas redes sociais, eles combinar tomar a Avenida Paulistas, já na noite de sábado, e ocupar as ruas de todo o país entre sábado (12) e domingo (13).

Leia mais

10 de março de 2016
por Esmael Morais
18 Comentários

MP tucano de SP pede prisão preventiva de Lula. E agora?

do Brasil 247 

Apesar de ter admitido, nesta tarde, em coletiva de imprensa, que não há provas concretas de que o ex-presidente Lula seja dono do apartamento no Guarujá, imóvel alvo de investigação do Ministério Público de São Paulo, o promotor Cássio Conserino pediu a prisão preventiva de Lula. O pedido foi publicado na íntegra pelo portal jurídico Jota. (Confira aqui).

“O crime é de ocultação, claro que não há documento”, justificou o promotor, quando questionado se havia documentos que comprovassem que Lula é dono do triplex no litoral paulista. Segundo o promotor, que defendeu a denúncia contra Lula por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica, “nada do que foi feito é fruto de invencionice”, em relação à investigação, mas “fruto de depoimentos e de provas documentais”.

Na manhã desta quinta, o Instituto Lula afirmou que a denúncia do MP-SP “não tem base na realidade”, uma vez que o ex-presidente “não pode ocultar patrimônio que não é dele”. “Em 30 de janeiro deste ano, foram divulgados todos os documentos relativos à cota do Edifício Solaris, que mostram que Lula e sua família nunca tiveram apartamento no Guarujá. O ex-presidente sempre declarou a cota em seu Imposto de Renda”, diz a nota.

De acordo com Conserino, o fato de não haver provas concretas sobre o crime de ocultação de patrimônio, segundo ele cometido por Lula, não fragiliza a denúncia. “Por documental me referi a contratos, estelionatos sofridos pelas vítimas do Solaris”, disse. Os promotores envolvidos na investigação também defenderam Leia mais