30 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em O bicho pegou para Bolsonaro no avião; assista

O bicho pegou para Bolsonaro no avião; assista

Definitivamente, Jair Bolsonaro não é uma unanimidade. No voo da Gol que levou o presidenciável de São Paulo ao Rio, neste (29), após receber alta do Albert Einstein, o candidato foi bastante hostilizado. ... 

Leia mais

3 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
28 Comentários

Requião reclama de censura e ataque covarde da mídia comercial

requiao_voldemort_censuraO senador Roberto Requião (PMDB-PR), relator do PL que visa punir abuso de autoridade, denunciou neste sábado (3) censura e ataque covarde da mídia comercial. Leia mais

4 de novembro de 2016
por Esmael Morais
40 Comentários

Milícia do MBL é expulsa em tentativa de desocupação na UFPR; assista

ufpr_ocupacao

A milícia do fascista MBL – Movimento Brasil Livre — tentou esta noite a sorte na Praça Santos Andrade, em Curitiba, visando a desocupação do prédio histórico da UFPR. Tentou, mas não obteve êxito. Leia mais

2 de setembro de 2015
por Esmael Morais
40 Comentários

Em Curitiba, militantes fascistas atacam deputado do PT

Na capital paranaense, carnaval e debate eleitoral foram antecipados; há bonecos e “pixulecos” para todos os gostos e cores nas ruas, como os que representam o governador tucano Beto Richa e o ex-presidente petista Lula (ambos vestidos de presidiários); no meio desse tiroteio e da intolerância fascista, sobrou até para o cordato deputado Tadeu Veneri.

Na capital paranaense, carnaval e debate eleitoral foram antecipados; há bonecos e “pixulecos” para todos os gostos e cores nas ruas, como os que representam o governador tucano Beto Richa e o ex-presidente petista Lula (ambos vestidos de presidiários); no meio desse tiroteio e da intolerância fascista, sobrou até para o cordato deputado Tadeu Veneri.

O deputado estadual Tadeu Veneri (PT), conhecido pelo compromisso com a coisa pública e pela cordialidade, foi covardemente atacado hoje (2) pela manhã em frente ao prédio da Justiça Federal, em Curitiba, por manifestantes de extrema-direita que promoviam “carnaval fora de época”. ... 

Leia mais

17 de novembro de 2013
por Esmael Morais
36 Comentários

“Os fascistas querem matar Genoino”

Os mais antenados sacaram que tem um “quê” de fascismo nas prisões dos réus da AP 470. Mesmo condenados a regime semiaberto, alguns deles — como José Genoino e José Dirceu — foram reunidos como troféus numa galeria (Papuda) para logo em seguida, como manda lei, redistribuí-los a seus estados para o cumprimento das penas. Um plano de marketing pensado, articulado e executado para favorecer Joaquim Barbosa, presidente do STF, que se assanha em candidatar-se nas eleições de 2014. Nesse caso, a velha mídia é seu alimento e vice-versa.

Uma das prisões ilegais — lembre-se que alguns teriam de cumprir em regime semiaberto –, a de Genoino, chama mais atenção. O ex-presidente do PT pode morrer sob a custódia do Estado. à‰ o que relata sua filha, em emocionante entrevista a Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania. Leia a transcrição:

O apelo dramático de Miruna Genoino

por Eduardo Guimarães

No começo da tarde de domingo, fui procurado por amigos da família de José Genoino. Pediram-me ajuda para divulgar um drama humanitário que vai se formando por ação da prisão intempestiva dos réus do julgamento do mensalão.

A família do ex-presidente do PT teme por sua vida e, conforme matéria do jornalista Paulo Henrique Amorim em seu blog, um laudo médico apoia tal temor.

De posse dos telefones de Rioko e Miruna !“ respectivamente, esposa e filha de Genoino !“ escolho a filha, julgando que estaria, talvez, menos abalada do que a mãe. Ledo engano. Estava muito abalada, mas, assim mesmo, falou sobre a saúde do pai e mandou um recado à  sociedade.

Miruna conversou comigo aos prantos, arrastando-me para o seu estado de espírito, o que me fez terminar a entrevista igualmente abalado. Mas falou muito bem. A professora paulista de 32 anos é uma moça de mente ágil e, apesar da emoção, conseguiu exprimir com clareza do que seu pai, sua família e seus amigos mais precisam neste momento.

Segue, abaixo, a transcrição da entrevista com Miruna Genoino.

*****

A imprensa está repercutindo o estado de saúde do seu pai, de que seria delicado e ele não estaria sendo mantido em boas condições, o que poderia gerar risco para a saúde dele. O que você pode dizer sobre isso?

No dia 24 de julho, meu pai contraiu a doença mais grave da cardiologia, uma dissecção da aorta, e teve que sofrer uma cirurgia de 8 horas, da qual tinha 10% de chance de sobreviver, mas ele sobreviveu porque é um guerreiro. Em seguida, porém, ele sofreu um micro AVC.

Meu pai está tomando cinco medicamentos diferentes em dois horários do dia. Até então, ele não tinha entrado em nenhum avião. O voo o fez passar mal, talvez a pressão da cabine. A médica que o acompanha nos informou que alguém que passou por tudo isso não poderia estar sendo submetido a tal pressão. Meu pai deveria ser hospitalizado.

Ele viajou ontem de manhã a Brasília e à s duas horas da manhã deste domingo ainda não estava acomodado.

Estamos com uma grande preocupação com a saúde dele; é a nossa maior preocupação, agora. A nossa luta é para provar a inocência do meu pai, mas, neste momento, a grande preocupação é com a saúde dele.

Como está o emocional da sua família?

A gente está num momento muito, muito difícil. O meu pai, antes de sair de casa para ser preso, nos disse que já tinha ficado confinado muito tempo em cela forte [durante a ditadura] e que estava preparado para isso.

Ele tem dois netos, os meus filhos, e eles estão muito assustados!¦

As crianças estão com vocês aí em Brasília?

Eles ficaram em São Paulo.

Mas ele ter sido transferido para Brasília ainda nos causa um transtorno emocional ainda maior, porque a gente tem que ficar longe das crianças!¦

[Miruna chora]

à‰ muito complicado o nosso estado emocional!¦

Miruna, você está abalada com tudo isso e, assim, não gostaria de prolongar esta entrevista. Mas como sabemos que você, com suas declarações, está ajudando a que as pessoas entendam que há seres humanos por trás de toda essa história, concluo perguntando o que a família de José Genoino tem a dizer à  sociedade.

Pedimos que a sociedade se informe. Qualquer pessoa que se informar de verdade, que não assumir o discurso da Rede Globo, do jornal Folha de São Paulo, da revista Veja, de todos os grandes meios, ela vai saber que a única coisa que meu pai fez nesta vida foi colocar acima de tudo o ideal dele por justiça social!¦

[Miruna volta a chorar]

Ele saiu do sertão do Ceará para tentar melhorar a vida das pessoas. E a vida inteira ele se sacrificou em todos os sentidos porque essa sempre foi a única luta dele. Então, se as pessoas se informarem todo mundo vai saber o homem que ele é!¦

[Chora de novo]

Eu só peço isso!¦.

[O pranto aumenta]

Que não assumam!¦ O discurso!¦ Dessa mídia!¦ Que procurem saber a verdade, ouvir o outro lado, o que meu pai tem a dizer!¦

(!¦)

*****

Percebi, nesse ponto da conversa, que só me cabia deixar a família com sua dor e, em vez de continuar chorando do lado de cá enquanto essa menina da idade da minha filha maior chorava do lado de lá, vir escrever o clamor emocionado dessa família, que pode perder aquele que tanto ama.

Concluo, pois, exortando as autoridades judiciárias a que r Leia mais