25 de setembro de 2015
por admin
6 Comentários

PHA lança livro hoje às 19h e debate AO VIVO com Requião em Curitiba

requiao_4poder_phaO jornalista e blogueiro Paulo Henrique Amorim, o PHA, titular do site Conversa Afiada, lançará às 19 horas desta sexta-feira (25), em Curitiba, seu novo livro — ‘O quarto poder’ — e debaterá a questão da mídia com o senador Roberto Requião (PMDB).

O evento será transmitido ao vivo para o Brasil e o mundo pelo Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, desde o auditório da APP-Sindicato (Avenida Iguaçu, 880).

O Sindicato dos trabalhadores na educação fará também o lançamento de seu novo portal na internet junto com um aplicativo para smartphones.

PHA é um dos mais influentes jornalistas brasileiros e um dos principais críticos do golpismo da grande imprensa nacional. Foi ele que cunhou termos como o “PiG” (Partido da Imprensa Golpista). Leia mais

12 de junho de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Ao vivo: 3º encontro estadual de blogueiros do Paraná


O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo o 3º encontro estadual de blogueiros do Paraná. ... 

Leia mais

14 de abril de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

Jornalista argentino debate amanhã regulação da mídia em Curitiba

mediosO jornalista argentino Ricardo Sonny Martinez participa de um debate nesta quarta-feira (15), em Curitiba, sobre a regulação da mídia e a experiência com a Lei de Meios do seu país. O evento será às 19 horas nas sede da APP-Sindicato.

A mesa do debate será condenada pelo Advogado Claudio Ribeiro, e contará com a participação de Diângela e Anupama Salamon da Frentex, e Andre Vieira do ParanáBlogs.

Ricardo Sonny Martinez mora em Bariloche, tem 30 anos de jornalismo de rádio, sendo atualmente radialista da Rádio Nacional San Martin de los Andes (LRA 53), aonde trata, entre outras coisas, de política latino-americana. Leia mais

25 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
11 Comentários

Uruguai aprova Lei de Meios e fará reforma do setor de mídia em 2015; modelo para o Brasil?

via Opera Mundi
Após um ano e meio de tramitação, o Legislativo uruguaio aprovou nesta semana a lei que regulamentará a reforma no setor de telecomunicações no país. Com 50 votos a favor e 25 contra, contando com o apoio dos parlamentares da governista Frente Ampla, a Câmara dos Representantes do Uruguai deu sanção definitiva à  iniciativa, que será regulamentada pelo governo de Tabaré Vázquez, substitui José Mujica na Presidência.

Ao declarar os serviços de comunicação como interesse público!, a Lei de Meios uruguaia, cujo nome oficial é Ley de Servicios de Comunicación Audiovisual, regulamenta os setores de rádio, televisão, além de outros serviços de comunicação audiovisual !” deixando de fora internet e redes sociais. Segundo os autores da reforma, o intuito da lei é evitar a concentração econômica no setor de telecomunicações e fomentar a diversidade e a pluralidade na oferta do serviço e na produção de conteúdos.

Garantir o acesso universal, bem como o uso dos serviços e radiodifusão aberta e gratuita de rádio e televisão como parte de uma estratégia integral para alcançar o objetivo de assegurar a inclusão social de toda a população e o exercício dos direitos fundamentais reconhecidos na Constituição!, estabelece a norma, aprovada pelos deputados na última segunda-feira (22/12).

Outro objetivo da Lei de Meios é dar prioridade à  programação nacional, dificultando o acesso de conglomerados internacionais e grandes produtoras a grandes porções do mercado de telecom uruguaio.

A pior ameaça que podemos ter é a vinda de alguém de fora, ou por baixo, ou por cima, e termine se apropriando. Para ser mais claro: eu não quero que o Clarín ou a Globo sejam donos das comunicações no Uruguai!, afirmou o atual presidente, José Mujica, há uma semana, enquanto a lei era discutida no Parlamento.

Alguns dos principais pontos da nova lei aprovada no Uruguai:

!¢ lei proíbe o monopólio na radiodifusão; cada empresa poderá ter até seis concessões para prestar serviços televisivos (em caso de concessões na capital Montevideo, o número cai para três);

!¢ TVs públicas deverão ter pelo menos 60% da programação de origem nacional !” deste percentual, um terço deverá ser realizado por diferentes produtores independentes;

!¢ ficará fixado um horário de “proteção a crianças” (das 6h à s 22h), período em que deverão ser evitados programas que promovem condutas violentas, discriminatórias, pornográficas, ou relacionadas a jogos de azar e apostas;

!¢ crianças e adolescentes não poderão participar de campanhas publicitárias de marcas de bebidas alcoólicas, cigarros ou qualquer produto prejudicial à Leia mais

25 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Dilma Rousseff terá coragem para regular a mídia no segundo mandato?

do Brasil 247
berzoiniA indicação de Ricardo Berzoini para o ministério das Comunicações, dada como certa em Brasília, é vista como o principal rosto do PT na Esplanada e confirma a importância da democratização da mídia no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, escreve Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília, em seu blog.

“Hoje ministro de Relações Institucionais, Berzoni é um partidário assumido da democratização dos meios de comunicação. Bandeira histórica do Partido, a democratização ganhou corpo nas fileiras do PT e junto a camadas muito mais amplas da sociedade depois da campanha de 2014, quando vários indicadores demonstraram que os principais grupos de mídia atuaram abertamente para favorecer os adversários de Dilma”, diz trecho do artigo do jornalista. Leia mais