16 de março de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em MST festeja a colheita de 16 mil toneladas de arroz orgânico no RS

MST festeja a colheita de 16 mil toneladas de arroz orgânico no RS

Cerca de 1,2 mil pessoas celebraram nesta sexta-feira (15) a 16ª Festa da Colheita de Arroz Agroecológico, no assentamento Santa Rita de Cássia II, em Nova Santa Rita (RS). A festa foi promovida por agricultores gaúchos ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). ... 

Leia mais

16 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ministro do Meio Ambiente jura que soja em terra indígena é legal

Ministro do Meio Ambiente jura que soja em terra indígena é legal

Para se parecer minimamente com um “ambientalista”, o ministro Ricardo Salles visitou durante a semana uma aldeia indígena. Mas a aldeia que ele escolheu fica numa reserva que abriga um arrendamento ilegal para cultivo de soja. ... 

Leia mais

13 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro já definiu 7 ministros; confira os indicados

Bolsonaro já definiu 7 ministros; confira os indicados

Magno Malta ainda na fila do gargarejo.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) já definiu sete nomes para o ministérios. Confiram os escolhidos até aqui. ... 

Leia mais

31 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Condenado à extinção por Bolsonaro, Meio Ambiente pede socorro

Condenado à extinção por Bolsonaro, Meio Ambiente pede socorro

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) já sentenciou o Ministério do Meio Ambiente à morte. Ele vai atender o “clamor” da bancada ruralista e juntar com o Ministério da Agricultura. Mas, até para os golpistas do ilegítimo Michel Temer (MDB), isso é um verdadeiro “crime ambiental”. ... 

Leia mais

31 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Superministérios da Economia e do “Meio-Agricultura” terminarão em treta

Superministérios da Economia e do “Meio-Agricultura” terminarão em treta

Até uma criancinha de 9 anos é capaz de perceber que irá terminar em ‘treta’ a criação dos superministérios da Economia (Fazenda, Planejamento, Indústria e Comércio) e da “Meio-Agricultura” (Meio Ambiente e Agricultura). ... 

Leia mais

30 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro sucumbe à bancada ruralista; coitado do Meio Ambiente!

Bolsonaro sucumbe à bancada ruralista; coitado do Meio Ambiente!

A bancada ruralista conseguiu enquadrar o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) que, pela boca de Onyx Lorenzoni (DEM-RS), disse que unirá as pastas do Meio Ambiente e da Agricultura. ... 

Leia mais

29 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Requião Filho: Onde está o Nacionalismo?

Requião Filho: Onde está o Nacionalismo?

O deputado Requião Filho (MDB-PR) afirma que estatais como Petrobras, Copel e Sanepar — essas duas últimas paranaenses –, sob Michel Temer e Beto Richa (que Deus o tenha!), deixaram de cumprir sua função social para proteger interesses de acionistas gringos. “Nacionalismo de verdade é defender o que é nosso. É querer ver o país crescer. É manter e gerar empregos, é fomentar a indústria e a agricultura local”, prega o parlamentar emedebista. ... 

Leia mais

26 de outubro de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Alvaro Dias quer mais recursos para pesquisa e inovação tecnológica na agricultura

alvaro_agriculturaO senador Alvaro Dias (PV-PR) relata em sua coluna, desta quarta (26), que apresentou projeto no Senado visando aumentar em pelo menos R$ 500 milhões o orçamento da pesquisa e inovação tecnológica aplicadas à agricultura. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe o texto: Leia mais

1 de junho de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Coluna do Luiz Claudio Romanelli: O PIB e a economia do Paraná

romanelli_jornaisLuiz Claudio Romanelli*

Vivemos em tempos conflagrado de posições extremas, onde as boas notícias se perdem em função do apelo midiático do denuncismo e da espetacularização da violência sobrepondo à qualquer fato que possa levar a uma reflexão mais profunda daquilo que tenha impacto na nossa vida do ponto de vista econômico, político e social.

Neste sábado, 30, os jornais Folha de Londrina e O Diário de Maringá, nas suas manchetes principais, trazem, de forma positiva, um bom exemplo disso. O PIB, aquilo que chamamos do conjunto de riquezas produzidas no país, retraiu, entrou no negativo, ou seja, pior que a estagnação, o Brasil entrou em recessão, o que afeta a economia, o consumo e o emprego.

É um quadro grave que desencadeou a série de ajustes e cortes nas despesas e nos investimentos do governo federal e dos governos estaduais, entre eles o Paraná, que saiu na frente nas medidas que vem tomando desde o final do ano passado. Mas o que tem de bom na má notícia da economia brasileira. É o Paraná e um setor da economia que continua crescendo na contramão, como diriam alguns, daquilo que acontece no campo nacional. Leia mais

11 de março de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

MST e movimentos sociais liberam cancelas de pedágio e bloqueiam mais de 10 rodovias no Paraná

mst.jpgDesde as 9h desta terça-feira (11), cerca de 38 organizações e movimentos sociais do Paraná encabeçados pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizam manifestações com fechamento de rodovias estaduais e federais. Pelo menos quatro praças de pedágio foram ocupadas e tiveram as cancelas liberadas.

A mobilização faz parte da Jornada Nacional Unitária de Lutas dos Trabalhadores do Campo e da Cidade!, e tem como objetivo cobrar dos governos municipais, estadual e federal maiores investimentos na produção, industrialização e venda de alimentos.

Eles pedem também a retomada das compras com doação simultânea do Programação Nacional de Alimentação (PAA), e Programação Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Além disso, os trabalhadores exigem maior agilidade na realização da Reforma Agrária, maiores investimentos na educação e o não fechamento de escolas; a realização de uma Reforma Política com participação popular, políticas públicas de inclusão e desenvolvimento social !“ habitação, assistência técnica, etc; garantia dos direitos dos trabalhadores atingidos por barragens, diminuição de impostos para os trabalhadores e a taxação das grandes fortunas. Leia mais

23 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
33 Comentários

Educadores em greve prometem hoje novo cerco à  Assembleia Legislativa

alep_app.jpgProfessores e funcionários de escolas em greve receberão reforço de outras categorias do serviço público, também paralisadas, para ocupar novamente hoje à  tarde, a partir das 14h30, as galerias da Assembleia Legislativa do Paraná.

Funcionários do Detran, das secretaria da Agricultura e da Saúde, das universidades estaduais, caminhoneiros que lutam contra o pedágio mais caro do mundo e o IPVA mais caro do país, e, amanhã, os trabalhadores Justiça engrossam o movimento paredista.

Os educadores estão acampados em barracas na Praça Nossa Senhora do Salete, no Centro Cívico, desde o último dia 9 de fevereiro, diante do impasse provocado pelo governo Beto Richa (PSDB), que insiste no parcelamento do calote e no desmonte das escolas da rede pública.

Desde o último dia 12, o governador tucano escafedeu-se das mídias sociais e do Palácio Iguaçu. Ninguém sabe sobre seu paradeiro, mas, enquanto isso, o Centro Cívico fervilha. Leia mais

24 de novembro de 2014
por Esmael Morais
10 Comentários

Intelectuais assinam manifesto contra Joaquim Levy e Kátia Abreu no segundo mandato de Dilma

do Viomundo

katia_levy.jpgA campanha presidencial confrontou dois projetos para o país no segundo turno. à€ direita, alinhou-se o conjunto de forças favorável à  inserção subordinada do país na rede global das grandes corporações, à  expansão dos latifúndios sobre a pequena propriedade, florestas e áreas indígenas e à  resolução de nosso problema fiscal não com crescimento econômico e impostos sobre os ricos, mas com o mergulho na recessão para facilitar o corte de salários, gastos sociais e direitos adquiridos.

A proposta vitoriosa unificou partidos e movimentos sociais favoráveis à  participação popular nas decisões políticas, à  soberania nacional e ao desenvolvimento econômico com redistribuição de renda e inclusão social.

A presidenta Dilma Rousseff ganhou mais uma chance nas urnas não porque cortejou as forças do rentismo e do atraso e sim porque movimentos sociais, sindicatos e milhares de militantes voluntários foram capazes de mostrar, corretamente, a ameaça de regressão com a vitória da oposição de direita. Leia mais

21 de novembro de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Dilma anuncia os primeiros nomes para o ministério ainda nesta sexta

dilma_levy.jpgA presidenta Dilma Rousseff deverá anunciar ainda nesta sexta-feira (21) os primeiros nomes para o ministério.  ... 

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
4 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: Agricultura, mais comida e mais renda

Ricardo Gomyde*

A Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad) prevê que o Brasil logo será o maior país agrícola do mundo. O ritmo de crescimento da produção brasileira de alimentos deixa claro que a virada está prestes a ocorrer; a receita com as exportações do setor foi de US$ 101,5 bilhões em 2013, valor 4% superior ao do ano anterior e novo recorde !” em termos nominais !”, segundo levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Os pesquisadores da entidade dizem que nos últimos 14 anos (de 2000 a 2013) a agricultura brasileira tem contribuído fortemente para a geração de divisas para o país. No período, o volume exportado cresceu quase 230% e os preços externos, 101%. O saldo comercial (receitas das exportações menos gastos com importações) mais que quintuplicou, com crescimento de 468%.

Em 2000, o país ocupava o sexto lugar no ranking e hoje já é o terceiro maior exportador de produtos agrícolas do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e União Europeia. Os dados merecem ser comemorados, mas é preciso fazer uma profunda reflexão sobre esse fenômeno. Nesse período, sem descuidar da necessidade de aumentar a distribuição da produção brasileira internamente, combatendo a fome com vigor, os produtos que saíram do país levaram consigo mais valor agregado.

Até então, o Brasil era um exportador medíocre, um perna-de-pau que vendia lá fora muito menos do que podia. Não dávamos a devida importância para o setor, a ponto de promover, nos anos 1990, um verdadeiro desmonte da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), um dos principais institutos de produção de conhecimento do país. O empenho para recuperar a capacidade da empresa desde os anos 2000 foi um dos grandes responsáveis por essa posição de destaque que o Brasil conquistou no mercado agrícola mundial.

Leia mais

9 de agosto de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: Pedágio, um peso abusivo nas costas dos paranaenses; até quando?

Quem vai para Santa Catarina por uma rodovia federal, por exemplo, paga um preço justo; já quem vai à s praias paranaenses, ou ao Porto de Paranaguá, deixa no pedágio um valor exorbitante. Portanto, o problema não é o pedágio, mas o pedágio praticado no Paraná!. A afirmação é de Ricardo Gomyde em sua coluna deste sábado, que denuncia a tarifa de R$ 15,40 cobrada no trecho da BR 277, administrado pela Ecovia, por sagrar o bolso do paranaense e encarecendo o custo da produção. O Paraná não aguenta mais esse peso em suas costas. à‰ preciso agir!!, cobra o colunista. Leia o texto e compartilhe.

Quem vai para Santa Catarina por uma rodovia federal, por exemplo, paga um preço justo; já quem vai à s praias paranaenses, ou ao Porto de Paranaguá, deixa no pedágio um valor exorbitante. Portanto, o problema não é o pedágio, mas o pedágio praticado no Paraná!. A afirmação é de Ricardo Gomyde em sua coluna deste sábado, que denuncia a tarifa de R$ 15,40 cobrada no trecho da BR 277, administrado pela Ecovia, por sagrar o bolso do paranaense e encarecendo o custo da produção. O Paraná não aguenta mais esse peso em suas costas. à‰ preciso agir!!, cobra o colunista. Leia o texto e compartilhe.

Ricardo Gomyde* ... 

Leia mais