Salamuni continua sem oponente na Câmara de Curitiba

Vereador eleito Hélio Wirbiski.
Vereador eleito Hélio Wirbiski.
Na quarta-feira (2), a Câmara Municipal de Curitiba vai eleger a sua mesa executiva. O vereador Paulo Salamuni (PV) é o cabeça de chapa oficialmente apoiado pelo prefeito eleito Gustavo Fruet (PDT).

Houve um princípio de mobilização da oposição, capitaneada pela bancada conhecida nos bastidores da Câmara como “viúvas do Derosso” e alguns novos vereadores – entre os quais Pierpaolo Petruzziello (PTB).

Esse pequeno grupo oposicionista prefere o diabo a Salamuni. Nele ainda estão abrigados os vereadores Jairo Marcelino (PSD), Tico Kuzma (PSB), Professor Galdino (PSDB), além da metade da bancada do PSC.

Pois bem, a oposição não conseguiu até agora achar um nome que a represente no “sacrifício”. Tentou o vereador novato Hélio Werbinski (PPS), que refugou a tarefa em nome de compromisso assumido pela eleição do vereador do PV.

Como se vê, Salamuni caminha para uma eleição tranquila, sem oponentes. Sua coligação (PDT, PT e PV) elegeu apenas 8 vereadores, mas os “olhos verdes” do vereador — aliado do prefeito eleito — convenceram a maioria dos colegas de parlamento.

Veja também  Datafolha diz que Capitão Cloroquina perdeu o controle da covid-19

Comments are closed.