Rossoni gasta mais, erra no orçamento e devolve R$ 110 milhões

Rossoni devolve dinheiro, mas gasta mais este ano em comparação a 2011.
Rossoni devolve dinheiro, mas gasta mais este ano em comparação a 2011.
Se o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Valdir Rossoni (PSDB), adotasse o mesmo método que adota na administração da Casa numa empresa da iniciativa privada, com certeza, seria demitido por justa causa. Vejamos isso.

O tucano anunciou nesta terça-feira (18) a devolução de R$ 110 milhões do orçamento do poder legislativo ao executivo estadual. O orçamento deste ano foi de R$ 422 milhões.

O blog consultou um especialista em contas públicas. Segundo ele, que pediu para não ser identificado, orçamento é dinheiro emprestado. Se você não o executa e está deixando de fazer obras importantes ao estado, como escolas, creches, etc. à‰ dinheiro imobilizado durante um ano!.

Imagine o caro leitor emprestando R$ 110 milhões ao banco, depois de pagar juros durante um ano, devolve o dinheiro ao mesmo banco sem aplicar na sua previsão. à‰ exatamente isso que ocorreu.

Agora façamos um comparativo com o orçamento do ano de 2011. Era de R$ 324 milhões, mas, ao final do exercício do ano passado, Rossoni devolveu R$ 90 milhões. Logo, a Assembleia gastou em 2010 cerca R$ 234 milhões.

Se Rossoni vai devolver neste ano R$ 110 milhões, segundo o orçamento, porque ele gastou na sua administração R$ 322 milhões. Ou seja, o tucano gastou este ano R$ 88 milhões a mais do que 2011.

O orçamento do legislativo estadual para 2013 é de R$ 494 milhões.

Ou seja, aumentando o orçamento, que é dinheiro do estado não aplicado, até eu teria condições de devolver esse numerário. Assim é fácil demais…

Em uma conta rápida, cada um dos 54 deputados estaduais custará, em 2013, cerca de R$ 9,15 milhões aos paranaenses.

Veja também  Bolsonaro se humilha com Xi Jinping enquanto pede penico para Biden

Comments are closed.