“Pibinho” de Dilma foi maior que pibinho de Bolsonaro

Em 2011, a velha mídia achincalhava Dilma pelo “pibinho” de 2,27%, mas agora exalta o pibinho de 0,6% de Bolsonaro.
Se tamanho do PIB é documento, então o presidente Jair Bolsonaro está lascado. Ele apresentou um pibinho de apenas 0,6% no trimestre. No ano inteiro de 2019, se tudo der certo, chegará a 1,2%, segundo o IBGE.

A título de comparação, em 2011, também primeiro ano de governo de Dilma Rousseff (PT), a imprensa lhe infernizava pelo “pibinho” de 2,7% naqueles tempos de prosperidade.

Note o caríssimo leitor que, utilizando a calculadora, o PIB da petista era 4,5 vezes maior que o pibinho do capitão.

LEIA TAMBÉM
Olha o tamanho do pibinho do Bolsonaro: 0,6% no 3º tri e 1,2% em um ano

Globo faz papelão no Jornal Nacional ao jurar que a economia vai bem no Brasil

Governo Bolsonaro ‘congela’ ingresso no Bolsa Família em 2020

Ainda para azedar o arroz doce, o jornal inglês Financial Times suspeita que Bolsonaro tenha superfaturado o tamanho de seu pibinho para impressionar o mercado financeiro.

De acordo com o FT, as estatísticas do governo brasileiro não são confiáveis porque são falhas sobretudo os das exportações.

Isto mesmo: FRAUDE!

O pibinho de Bolsonaro pode ser menor ainda do que os 0,6% festejados pela Rede Globo nos últimos dias, cujos números foram desmascarados aqui em primeira mão.

Mentir o tamanho do pibinho é feio, é fraude, senhor presidente Jair Bolsonaro.