José Dirceu com Ratinho Junior

O ex-ministro José Dirceu jantou com o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), durante sua última visita a Curitiba. Ele se reuniu com o mandatário estadual numa quarta-feira, dia 17 de novembro, em meio ao feriadão da República.

Dirceu esteve na capital paranaense para arregimentar apoios para a reeleição de seu filho, o deputado Zeca Dirceu (PT).

A agenda outsider de Zé Dirceu desagradou as direções nacional e estadual no Partido dos Trabalhadores.

O PT vem trabalhando o palanque Lula e Requião no Paraná. Desde o início deste ano, os petistas correm o estado na “Caravana da Esperança” com uma proposta de oposição ao governador de plantão.

Sem partido, o ex-governador Roberto Requião já definiu que disputará o cargo de governador contra Ratinho Junior.

Economia

Requião concorrerá ao Palácio Iguaçu por uma federação partidária de esquerda e progressista, que começou a ser desenhada com PT, PSB, PCdoB, PSOL, Rede, PV, Solidariedade e, provavelmente, o PDT.

O mal-estar com a visita de Dirceu a Ratinho foi sentido além do PT. O próprio Requião, que se diz amigo o ex-ministro, reclamou no Twitter: “Recebo agora a informação de que Zé Dirceu, em Curitiba, foi comer queijo na toca da ratazana”, escreveu. “Ruim isso. Muito ruim”, completou.

Leia também

PSOL aprova federação com PCdoB e Rede, que ainda podem se associar com PT e PSB

Como a federação partidária atrapalha a reeleição de Ratinho Junior no Paraná

Diretórios estaduais do PSB aprovam federação com PT de Lula para 2022; Requião pode disputar no Paraná pelo PSB