Deu apagão nas pesquisas do Paraná

► Empresas registram pesquisas, mas não divulgam resultados no Paraná

Cadê a DataPicler? Ninguém sabe, ninguém viu!

Cadê a DataUniversal? Tomou Doril e sumiu!

O zunzunzum no Centro Cívico e na Boca Maldita, em Curitiba, é que o apagão nas pesquisas tem a ver com resultados que podem ser muito desfavoráveis aos interesses do Palácio Iguaçu.

Duas pesquisas de intenção de votos sobre a disputa pelo governo do Paraná e o Senado não vieram à tona nesta terça-feira (04/05), como prometeram os institutos que fizeram registro de sondagens no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ratinho Junior promove nova farra publicitária de R$ 95 milhões enquanto servidores lutam por reposição salarial de 25%

A IRG Pesquisa, também conhecida como DataPlicer, ainda tem o benefício da dúvida até às 23h59 de hoje.

É muito comum que empresas de pesquisa divulguem seus números já nas primeiras horas do dia para que reverberem por mais tempo durante o dia.

O DataPicler disse que ouviria 1.500 eleitores no Paraná, às próprias expensas, sobre a disputa pelo Palácio Iguaçu e pelo Senado da República.

As seguintes pré-candidaturas ao governo do Paraná foram consultadas, segundo o registro no TSE:

Empresas registram pesquisas, mas não divulgam resultados no Paraná
Empresas registram pesquisas, mas não divulgam resultados no Paraná

1) Cesar Silvestri Filho (PSDB)
2) Flavio Arns (Podemos)
3) Professora Ângela Machado (PSOL)
4) Ratinho Junior (PSD)
5) Roberto Requião (PT)

A sondagem com 2,5% de margem de erro para mais ou para menos está registrada no TSE sob os números BR-01036/2022 e PR-09298/2022. Custou R$ 18 mil e foi contratada pela própria IRG Pesquisa.

DataUniversal/Real Time Big Data

Quanto à pesquisa da DataUniversal, qual seja, a Real Time Big Data, foi contratada pela RICTV, afiliada da TV Record no Paraná – emissora de televisão de Leonardo Petrelli.

Veja também  Lula diz que Bolsonaro é mensageiro do ódio: "É só ódio"

Esse levantamento da DataUniversal foi comprado por R$ 20 mil, segundo registro no TSE, mas “desapareceu”, não deu o ar da graça.

A Real Time/DataUniversal prometia entrevistar 1.200 eleitores paranaenses com margem de erro de 3% para mais ou para menos.

Seriam sondados os seguintes pré-candidatos ao Senado:

Pré-candidatos ao Senado: Alex Canziani (PTB); Aline Sleutjes (PROS); Álvaro Dias (Podemos); Dr. Rosinha (PT); Guto Silva (Progressistas); e Paulo Martins (PL)
Pré-candidatos ao Senado: Alex Canziani (PTB); Aline Sleutjes (PROS); Álvaro Dias (Podemos); Dr. Rosinha (PT); Guto Silva (Progressistas); e Paulo Martins (PL)

1. Alex Canziani (PTB)
2. Aline Sleutjes (PROS)
3. Álvaro Dias (Podemos)
4. Dr. Rosinha (PT)
5. Guto Silva (Progressistas)
6. Paulo Martins (PL)

Pode não ser nada, mas no mundo político fica a sensação de que “aí tem” com o sumiço de pesquisas registradas no TSE.

Pelo histórico, os línguas-pretas da Boca Maldita estão a dizer que a situação teve de chamar o “Alfreeeedo!” – aquele simpático mordomo do papel higiênico.

O Blog do Esmael entrou em contato com as duas empresas de pesquisa, mas não obteve respostas.

No começo da noite, depois de cobrada pelo Blog do Esmael, IRG Pesquisa divulgou os seguintes resultados:

Cenário 1

Ratinho Junior (PSD) – 53%
Roberto Requião (PT) – 21,5%
Flávio Arns (Podemos) – 8,6%
Cesar Silvestri Filho (PSDB) – 2,9%
Professora Angela Machado (Psol) – 1,6%
Nenhum – 8,3%
Não sabe / não respondeu – 4,1%

Cenário 2

Ratinho Junior (PSD) – 57,3%
Roberto Requião (PT) – 23,7%
Cesar Silvestri Filho (PSDB) – 5,8%
Nenhum – 10,6%
Não sabe / não respondeu – 2,6%

Disputa presidencial no Paraná, segundo a IRG:

Jair Bolsonaro (PL) – 36,1%
Lula (PT) – 35,2%
Sergio Moro (União) – 12,8%
Ciro Gomes (PDT) – 4,0%
João Doria (PSDB) – 1,5%
Simone Tebet (MDB) – 0,6%
André Janones (Avante) – 0,5%
Alessandro Vieira (CDN) – 0,2%
Nenhum – 5,6%
Não sabe / não respondeu – 3,6%

Veja também  Ratinho Junior "corre atrás do prejuízo" com agenda em Campo Mourão