Athletico-PR x Atlético-MG; o que esperar da final da Copa do Brasil 2021

Athletico-PR x Atlético-MG; o que esperar da final da Copa do Brasil 2021

Google News

O Athletico Paranaense vai receber daqui a pouco, às 21h30, o Atlético Mineiro na Arena da Baixada, em Curitiba.

Depois da desvantagem por quatro gols no placar no jogo de ida, os rubro-negros precisam devolver a derrota pela mesma diferença de gols para levar a disputa do título para as cobranças de pênaltis. Se fizerem mais um, ficam com a taça logo após o fim do tempo normal.

No jogo de ida, no Mineirão, em Belo Horizonte, o Furacão levou 4 gols.

Para o jogo da volta contra o Atlético Mineiro, pela final da Copa do Brasil, a comissão técnica do Furacão não vai poder contar com o zagueiro Thiago Heleno. O jogador está suspenso devido ao acúmulo de três cartões amarelos.

Por outro lado, o lateral-direito Khellven volta a ficar à disposição do time. Ele estava sem condições de atuar no jogo de ida devido ao cartão vermelho que recebeu na segunda partida da semifinal da Copa do Brasil.

Athletico Paranaense está confiante

“Sabemos que é um resultado elástico, mas nada impossível”. Foi assim que o zagueiro Pedro Henrique definiu a segunda partida da decisão da Copa do Brasil, marcada para as 21h30 desta quarta-feira (15/12), no Joaquim Américo, na capital paranaense.

Ao lado do técnico Alberto Valentim, o zagueiro participou de entrevista coletiva oficial, na tarde de terça-feira (14/12), no palco do jogo.

“Temos que fazer um grande jogo amanhã [hoje]. Esquecer o jogo passado, que não vai voltar mais. Temos que pensar em nós, em todos os companheiros. Um dar força para o outro. Nos unir e fazer um grande jogo, com raça e determinação”, destacou. “Dar o melhor dentro de campo, que é o que a torcida pede. Dar raça. Dar tudo pelo Athletico, porque o Athletico merece grandes coisas e merece ser representado da melhor maneira possível”, acrescentou.

Mais do que buscar a remontada, Pedro Henrique disse que o grupo esperar terminar um grande ano da melhor forma possível. “Sabemos da importância do jogo de amanhã [hoje] e de terminarmos bem, o ano que tivemos. Nada apaga o que fizemos até agora”, ressaltou.

O defensor também comentou sobre a ausência do zagueiro Thiago Heleno e outros possíveis desfalques na equipe.

“Sabemos que temos grandes jogadores para entrar no lugar. Dar moral para esses jogadores que vão entrar. Se o Nikão não jogar, temos que dar moral para quem vai entrar no lugar dele”, concluiu.

Atlético Mineiro tentará segurar a vantagem

Com a vantagem a seu favor, o técnico Cuca não quer ver o Galo diminuir o ritmo na partida de volta da decisão. Experiente, o treinador sabe que no futebol tudo pode acontecer, e quer o Atlético ligado na Arena da Baixada.

“A gente se sente realizado pelo trabalho, mas falta essa última página que é amanhã. É fazer um grande jogo, mas sabendo que vai ser um jogo duro. Foi 4 a 0? Foi, conquistamos isso. Mas com 40 mil na casa do adversário, tem que saber entender o jogo”, pontuou Cuca.

Em 2021, o Atlético-MG já conquistou o Campeonato Mineiro e o Brasileirão Assaí. Capitão do time e amigo de Cuca desde o trabalho do técnico em 2013, no próprio Galo, o zagueiro Réver creditou ao treinador a força mental do time para não perder o foco em momentos como esse.

“O segredo está aqui do meu lado. O homem administra bem nosso dia a dia, com seu staff, com a diretoria. Cuca tem feito isso muito bem. E a prova disso é que chegamos em todas as competições que disputamos. Estamos em mais uma final, um jogo decisivo para nós. O Cuca é um especialista”, detalhou Réver.

Onde assistir Athletico-PR x Atlético-MG

Globo, com narração de Luís Roberto e comentários de Caio Ribeiro e Júnior; e SporTV, com narração de Gustavo Villani e comentários de Fábio Júnior, Pedrinho e PVC.

A provável escalação do Furacão:

Santos; Pedro Henrique, Zé Ivaldo (Christian) e Nico Hernández; Marcinho, Erick, Léo Cittadini e Abner; Pedro Rocha (Nikão), Terans e Renato Kayzer.

A provável escalação do Atlético:

Everson; Mariano, Igor Rabello (Réver), Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho; Vargas (Nacho), Hulk e Keno.

A arbitragem do jogo

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP) e Rafael da Silva Alves (FIFA-RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Quarto árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Serviço:

Athletico-PR x Atlético-MG – Final da Copa Intelbras do Brasil
Data: 15 de dezembro (quarta-feira)
Horário: 21h30
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Transmissão: Rede Globo e Sportv