A XP afrouxou a tanga para Bolsonaro

A XP Investimentos, braço do banco Itaú, afrouxou a tanga para o presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) ao suspender a divulgação de pesquisa contratada junto ao Instituto Ipespe.

Na semana passada, a pequisa Ipespe/XP mostrou Lula com 45%, ante 34% do atual inquilino do Palácio do Planalto.

Nessa roda, estimava-se novo impulso de Lula e derretimento de Bolsonaro – a exemplo das sondagens Datafolha e Quaest.

A corretora XP, que pertence ao Itaú, cedeu às pressões dos bolsonaristas.

O levantamento seria divulgado nesta sexta-feira (10/06). Ele estava registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-06295/2022, no entanto, foi retirado do site por determinação da própria corretora.

A ira dos bolsonaristas nas redes sociais se deu após pesquisa da XP mostrar que os eleitores veem Lula mais honesto que Bolsonaro na proporção de 35% contra 30%.

Por meio de nota, a XP Investimentos jurou que não é bem assim.

– A XP nega que a pesquisa será cancelada e ratifica que contrata diversos tipos de pesquisas de diferentes institutos com o intuito de auxiliar seus clientes a tomarem as melhores de decisões sobre investimentos. A realização das pesquisas terá periodicidade mensal, com número de entrevistas ampliado em relação às realizadas nos levantamentos anteriores, oferecendo dessa maneira uma ferramenta ainda mais ampla para que os investidores compreendam o cenário eleitoral e seus impactos no mercado. As próximas pesquisas registradas no Tribunal Superior Eleitoral já estarão adequadas ao novo formato – diz a corretora ligada ao banco Itaú.

Dentre os bolsonaristas que pressionaram a XP Investimentos estavam o deputado federal Bibo Nunes (PL-RS) comentou a pesquisa pretérita: “é o mesmo que dizer que o diabo é mais honesto que Jesus. Delírio total! Kkkkkkkk…”.

Veja também  A espetacular “virada” de Requião no Paraná, segundo a “pesquisa” de Requião

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) também tirou sarro da XP:

– O mesmo instituto deu Lula com 45% e Bolsonaro com 34% kkkkk – disse o filho do presidente da República.