Qual vacina você prefere? A americana, a chinesa ou russa?

Compartilhe agora
  • A ‘gringa’, a ‘chinesa’, a ‘russa’, que vacina os mexicanos preferem?
  • 32% dos mexicanos preferem qualquer vacina, diz pesquisa inédita

Qual vacina os brasileiros preferem para se imunizar contra a infecção pelo novo coronavírus? Os institutos locais ainda não fizeram esse levantamento, mas nós sabemos como essa preferência está se manifestando pelo mundo.

32 por cento dos mexicanos preferem receber qualquer vacina contra COVID-19, de acordo com a pesquisa mais recente do El Financiero Bloomberg.

Enquanto 24% dos 500 mexicanos adultos entrevistados em 12 e 13 de fevereiro mostraram predileção pelo americano Pfizer-BioNTech.

E apesar de ser uma das vacinas mais polêmicas e criticadas do mundo científico, a dose russa, Sputnik V, obteve 15% da preferência dos pesquisados.

Oxford/AstraZeneca da Inglaterra atraiu 9 por cento dos entrevistados e CanSino da China 7 por cento.

No entanto, 7% dos entrevistados não querem nenhum deles e 6% ainda não decidiram qual é o seu favorito.

O Governo do México iniciou na segunda-feira a segunda etapa do plano de vacinação contra o COVID-19, com a inoculação de mulheres adultas e idosas.

O governo federal informou neste domingo que a vacinação será inicialmente nos 330 municípios mais remotos e mais pobres do país. Na Cidade do México, a campanha começou em Cuajimalpa, Magdalena Contreras e Milpa Alta na manhã de segunda-feira. Enquanto em outros estados também houve progresso.

Metodologia: Pesquisa nacional realizada por telefone com 500 mexicanos adultos de 12 a 13 de fevereiro de 2021. Uma amostra probabilística de telefones residenciais e celulares foi feita nos 32 estados. Com um nível de confiança de 95%, a margem de erro das estimativas é de +/- 4,4 por cento.