Eleições 2020: Começa neste domingo a campanha mais atípica da história com a predominância das redes sociais

Segundo a legislação eleitoral, termina neste sábado (26) o prazo para o registro de candidaturas às prefeituras e câmaras de vereadores dos 5.570 municípios brasileiros. Com isso, a partir de amanhã, domingo (27), irão começar as campanhas nas ruas de todo o País.

Além de poder colocar as campanhas nas ruas, os cerca de 450 mil candidatos já poderão fazer comícios, carreatas e propaganda nas redes sociais.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o horário eleitoral na TV e no rádio só começa no dia 9 de outubro, que irá até 12 de novembro.

Por causa da pandemia, o primeiro turno das eleições municipais de 2020 ocorrerá no dia 15 de novembro e o segundo turno no dia 29 de novembro.

Estas eleições de 2020 serão as mais atípicas da história com a predominância absoluta das redes sociais.

Veja o que pode e não pode a partir deste domingo (27):

  • realizar comícios;
  • carreatas;
  • distribuir material gráfico;
  • fazer propaganda na internet.

Confira o calendário eleitoral do TSE:

    26 de setembro: prazo para registro das candidaturas;
    • a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;
    • 27 de setembro: início da propaganda eleitoral, também na internet;
    • 9 de outubro: início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV;
    • 27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;
    • 15 de novembro: primeiro turno da eleição;
    • 29 de novembro: segundo turno da eleição;
    • até 15 de dezembro: data-limite para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;
    • até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.

    LEIA TAMBÉM SOBRE AS ELEIÇÕES 2020

    [Vídeo] Especialista em Direito Eleitoral debate segurança sanitária nas eleições 2020

    O advogado Guilherme Gonçalves, especialista em Direito Eleitoral, debateu nesta sexta (25) no Blog do Esmael a segurança sanitária nas eleições 2020.

    Na entrevista, o especialista também abordou os seguintes temas:

    • debates televisivos;
    • propaganda eleitoral;
    • fake news, covid-19;
    • abuso de poder algorítmico;
    • pirotecnia do MP e das polícias em anos eleitorais;
    • governo Bolsonaro;
    • STF.

    No próximo dia 15 de novembro, 147,9 milhões de eleitores estarão aptos a votar para escolher prefeitos e vereadores em 5.570 municípios brasileiros.

    Assista a íntegra do vídeo:

    https://youtu.be/qjdgIddWrag

Compartilhe agora