Bolsonaro faz ‘apelo’ para governadores reverem política de isolamento

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez um “apelo” nesta quinta-feira (14) para que os governadores revejam as políticas de isolamento social adotadas para evitar o avanço do novo coronavírus.

“Um apelo que faço aos governadores. Revejam essa política. Estou pronto para conversar. Vamos preservar a vida? Vamos. Mas, dessa forma, o preço lá na frente serão centenas de mais vidas que vamos perder por causa dessas medidas absurdas de fechar tudo”, disse o presidente a jornalistas na saída do Palácio da Alvorada.

LEIA TAMBÉM:
Miriam Leitão, da Globo, prevê tombo maior na economia sob Bolsonaro

Requião pede exames de urina e fezes de Bolsonaro

Teixeira, Suplicy e Bonduki retiram pré-candidaturas para apoiar Padilha a prefeito de São Paulo

Bolsonaro também disse que lamenta as mortes ocorridas por causa da covid-19, a doença causada pelo coronavírus, mas voltou a defender a retomada de atividades econômicas.

“Temos que ter coragem de enfrentar o vírus. Está morrendo gente? Está! Lamento! Mas vai morrer muito mais se a economia continuar sendo destroçada por essas medidas”, afirmou.

Desde o início da pandemia, Bolsonaro tem adotado uma postura de enfrentamento aos governadores. O presidente é contrário às medidas de isolamento social empregadas pelos estados em conformidade com recomendações de autoridades sanitárias, como a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com informações do G1.