Efeito Bolsonaro: Dólar dispara nesta quarta e bate em R$ 5,38


O dólar opera em alta na manhã desta quarta-feira (22). Às 10h55, a moeda norte-americana era vendida a R$ 5,3853 e na máxima até o momento bateu novo recorde de cotação nominal, negociado a R$ 5,3883.

A alta foi puxada por pela queda do preço do petróleo, enquanto os investidores voltaram as atenções para possíveis medidas de estímulo para mitigar o impacto econômico da crise do coronavírus.

Além disso, o governo Bolsonaro continua mergulhado na paralisia diante dos efeitos da pandemia do coronavírus e o ministro da Economia Paulo Guedes cada dia mais esvaziado.

LEIA TAMBÉM:

#CaixaTemNAOFUNCIONA mostra a burocracia e as dificuldades dos R$ 600

#CaixaTemNAOFUNCIONA mostra a burocracia e as dificuldades dos R$ 600

Alemanha aprova 1º teste clínico em humanos de vacina contra COVID-19

Na segunda-feira, o dólar fechou em alta de 1,33%, a R$ 5,3078, com os preços do barril de petróleo chegando a U$ 11,57.