Senado suspende eleição de presidente

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) não resistiu, caiu junto com a sessão que foi suspensa. O novo presidente da Casa deverá ser eleito amanhã, sábado, a partir das 11 horas da manhã.

Alcolumbre presidiu em exercício a sessão de posse e quis comandar a eleição na qual ele pretende concorrer. O regimente veda tal manobra.

LEIA TAMBÉM

Rodrigo Maia é reeleito presidente da Câmara

Diante do impasse, coube ao senador Cid Gomes (PDT-CE) a proposta de suspender a sessão.

Amanhã a mesa será presidida pelo senador José Maranhão (MDB-PB), aliado do senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Comentários encerrados.