Presente de R$ 1 trilhão a Shell pode ser derrubado pelo Congresso, diz deputado do PT

O bicho pegou para Michell Temer cujo presente de R$ 1 trilhão às petrolíferas inglesas, em especial a Shell, foi denunciado pelo jornal britânico The Guardian.

(Note o caro leitor que a mídia brasileira tem censurado escândalos que fariam até o ministro do STF Alexandre Moraes ficar de cabelo em pé; esse papel de denúncia tem cabido à imprensa estrangeira; vide o propinoduto da Fifa, na qual a Globo está metida).

Para o líder da bancada do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), a revelação de que o peemedebista trabalhou para a companhia estrangeira, pode gerar nulidade da MP 795, que acabou com a política de conteúdo nacional e concedeu isenção fiscal de R$ 1 trilhão às multinacionais do petróleo.

“Essa denúncia revela o que todos nós sabíamos, que é o caráter entreguista desse governo golpista”, afirma Zarattini, destacando que se trata do “escândalo do século”.

Na próxima quinta-feira (23), será lançada a Frente Ampla em Defesa da Soberania em São Paulo. No evento, que terá a participação do senador Roberto Requião (PMDB-PR), presidente do movimento nacional, será reafirmado o compromisso de um referendo revogatório das barbaridades cometidas por Mishell Temer e sua gangue.

Com informações do Brasil 247

Comentários encerrados.