26 de outubro de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Professores em greve vão às ruas, nesta sexta, denunciar envolvimento de Beto Richa em corrupção bilionária

richa_quadro_negroEducadores em greve há 9 dias no Paraná decidiram realizar atos nesta sexta (28), em todo o estado, para denunciar o envolvimento do governador Beto Richa (PSDB) em esquemas que desviaram R$ 50 milhões destinados à construção de escolas, segundo denúncia da Operação Quadro Negro. Leia mais

12 de outubro de 2016
por Esmael Morais
91 Comentários

Educadores e servidores em greve querem 3 milhões de assinaturas pelo impeachment de Beto Richa

richa_impeachmentO movimento de greve iniciado pelos servidores públicos do Paraná nesta semana planeja coletar um milhão de assinaturas físicas e outras 2 milhões virtuais para sustentar um pedido de impeachment do governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

12 de setembro de 2016
por Esmael Morais
25 Comentários

Requião Filho diz que Greca é “usufrutuário” de corrupção no governo Richa, mas elogia atuação de Fruet; assista ao vídeo

requiao_grecaO candidato do PMDB à Prefeitura de Curitiba, Requião Filho, usou as redes sociais para acusar o adversário Rafael Greca (PMN) de ser “usufrutuário” de esquemas de corrupção no governo Beto Richa (PSDB). Abaixo, assista ao vídeo: Leia mais

8 de agosto de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Luiz Abi, primo de Richa, sofre nova derrota na Justiça para o Blog do Esmael

imageO lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), sofreu mais uma derrota judicial para o Blog do Esmael. O juiz Diego Demiciano, da 6ª Vara Cível de Londrina, julgou improcedente pedido de indenização do lobista por dano moral. Leia mais

25 de julho de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Beto Richa contrata novo guru (ex-Veja) para blindar denúncias na mídia nacional

cabral_richaGarganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael dentro do Palácio Iguaçu, conta nesta segunda (25) que o governador Beto Richa (PSDB) contratou, a peso de ouro, “o dublê de jornalista-marqueteiro-lobista Otavio Cabral” para ser o novo guru na área de comunicação do Paraná. Leia mais

22 de julho de 2016
por Esmael Morais
69 Comentários

Verba desviada da educação abasteceu campanha de reeleição do tucano Beto Richa, diz blog Gazeta do Povo

richa_educadoresO blog Gazeta do Povo, edição desta sexta (22), traz reportagem de Felippe Anibal, sobre o desvio de R$ 30 milhões que seriam destinados à construção de escolas no Paraná. Segunda informação, parte do dinheiro abasteceu campanha de reeleição de Beto Richa (PSDB). Leia mais

5 de julho de 2016
por Esmael Morais
23 Comentários

Após ilação do MP, Requião orienta aliados a lutarem pela CPI da Receita Estadual

joao_arrudaO senador Roberto Requião (PMDB) orientou nesta terça (5) que aliados retomem a luta pela instalação da CPI para investigar propinas na Receita Estadual. A decisão do peemedebista, em intensificar a coleta de assinaturas na Assembleia, ocorre após ter o seu nome citado na delação do fiscal Luiz Antônio de Souza. Leia mais

1 de julho de 2016
por Esmael Morais
33 Comentários

Richa manda prender estudantes que protestavam contra a corrupção no governo do Paraná

app_calote_richaO governador Beto Richa (PSDB) determinou nesta sexta (1º), em Londrina, que policiais prendessem dois estudantes que protestavam contra a corrupção em seu governo. Leia mais

17 de junho de 2016
por Esmael Morais
9 Comentários

Caso Gazeta do Povo: fim do casamento entre mídia e judiciário no país?

moro_magistratura_freeAs 45 ações de juízes do Paraná contra jornalistas que divulgaram seus vencimentos no ex-jornal Gazeta do Povo, em fevereiro deste ano, pode ser muito mais do que uma simples vendetta da toga que viu demagogia nas reportagens, conforme registro na época do Blog do Esmael, para livrar a cara do governador Beto Richa (PSDB) envolvido nos escândalos da Operação Quadro Negro (corrupção nas escolas) e da Operação Publicano (corrupção na Receita Estadual). Leia mais

2 de junho de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Primo de Beto Richa indica citado na Operação Publicano para ocupar cargo na Educação

luiz_abi_e_victor_hugo

O lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), indicou politicamente o ex-coordenador da região metropolitana de Londrina (Comel), Victor Hugo Boselli Dantas, para ocupar a Superintendência de Desenvolvimento Educacional (SUDE), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Educação (SEED).

Dantas foi coordenador de campanha do tucano em Londrina e foi citado pelo delator Luiz Antonio de Souza na operação Publicano, que investiga propinas e corrupção no valor de R$ 1 bilhão na Receita Estadual. Leia mais

26 de abril de 2016
por Esmael Morais
6 Comentários

Cadê o lobista Luiz Abi? Prenderam o primo de Beto Richa outra vez?

richa_abiEu tinha um encontro no final da tarde desta terça-feira (26) com o lobista Luiz Abi Antoun, no 1º Juizado Especial de Londrina. O primo do governador Beto Richa (PSDB) não compareceu à audiência judicial previamente marcada. Desloquei-me de Curitiba “só” para encontrá-lo. Leia mais

4 de abril de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Delegados apontam ‘corrupção’ como fonte de crise no governo Beto Richa

A Associação dos Delegados de Polícia do Paraná (Adepol) lançou um jornal este mês para denunciar o que eles consideram corrupção endêmica no governo Beto Richa (PSDB).

A entidade presidida pelo delegado João Ricardo Képes Noronha, na capa do informativo, já diz o que pretende ao fazer um apelo: “Governador, chega de corrupção!”.

Na parte interna do jornal, a Adepol lembra que a corrupção na Receita Estadual tem o primo de Richa, o lobista Luiz Abi Antoun, como “comandante do esquema” que, segundo o Ministério Público, irrigou a campanha de reeleição do tucano com R$ 4,3 milhões oriundos de propina.

Os delegados de Polícia do Paraná também destacam corrupção na educação, que consistia no pagamento às empreiteiras de escolas que nunca foram construídas, bem como no conserto de viaturas das polícias civil e militar.

A Adepol recorda ainda do massacre de 213 professores no dia 29 de abril de 2015.

Detalhe muito importante nesses tempos de guerra ideológica: não consta que o delegado Képes Noronha tenha alguma simpatia pelos “petralhas” ou pela presidente Dilma; pelo contrário.

Leia mais

2 de abril de 2016
por Esmael Morais
8 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Do que o governador do Paraná tem medo?

Jorge Bernardi*

A gravidade do cenário político nacional, a divulgação de quase 300 políticos que receberam dinheiro, nos últimos anos, da Odebrecht, e a lista antiga da mesma construtora, da década de 80, do século passado, com outros 500 políticos envolvidos em corrupção, tem dado pouco espaço na mídia para corrupção no Paraná.

Fatos recentes mereceram toda a atenção. a Operação Publicano que apura corrupção R$ 1 bilhão de reais na Receita Estadual, com as ameaças de morte sofridas pelo principal delator, o auditor fiscal Luiz Antônio de Souza. Ele fez acordo e vai devolver ao tesouro do estado R$ 20 milhões de reais, que a Procuradoria do Estado tenta anular.

Também o repentino interesse da defesa do governador Beto Richa em defender acusados na Operação Publicano requerendo ao Superior Tribunal de Justiça, STJ, a dispensa de três testemunhas, que são réus naquele processo: o primo do governador Luiz Abi Antoun, e os auditores fiscais Márcio Albuquerque e Luiz Antônio de Souza. Para quem não tem nada a temer e quer todos os fatos investigados, como tem repetido o governador, o fato c Leia mais

23 de março de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Citado três vezes em corrupção, Beto Richa vai ganhar música no Fantástico?

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), integra o listão da propina da Odebrecht. É a terceira vez que o tucano é citado em casos de corrupção, por isso deverá ganhar música no programa global Fantástico.

Tal qual seu correligionário de ninho, Aécio Neves (PSDB-MG), lista que se preze sem ele “não vale” (ou “sem eles”, dependendo do ângulo).

De acordo com a Vaza Jato, Richa teria amealhado junto a Odebrecht R$ 200 mil em 24 de setembro de 2010. A bufunfa não consta na prestação de contas ao TSE.

Richa já é réu no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que autorizou a Procuradoria Geral da República (PGR) investigar cobrança de propina na Receita Estadual do Paraná. O dinheiro arrecadado por fiscais abasteceu a campanha de reeleição do governador do PSDB, segundo denúncia da Operação Publicano do Ministério Público. Só aqui foi R$ 1 bilhão saqueado do tesouro estadual.

O terceiro esquema de corrupção envolvendo Beto Richa e seu governo tem a ver com roubo de recursos que seriam destinados à construção de escolas (Operação Quadro Negro). O dinheiro era repassado à empreiteira, mas a obra não saia do papel. Resultado disso: além do prejuízo ao erário, prédios carecem de reparos, faltam vagas aos alunos e as salas de aula estão superlotadas.

Em comum, além de denunciados e relacionados a malfeitos, Aécio e Richa, cada qual com seu respectivo papel, posam de vestais e “guardiões da moralidade”, contra o PT, e defendem o golpe contra a presidente Dilma Rousseff — mesmo não existindo nenhum ilícito cometido por ela.

Leia mais

16 de março de 2016
por Esmael Morais
3 Comentários

Primo não muito distante de Beto Richa quer ser prefeito de Londrina

O lobista Luiz Abi Antoun, que se diz primo distante do governador Beto Richa (PSDB), ao Blog do Esmael, revelou que pretende disputar a Prefeitura de Londrina em outubro próximo.

Tucano de carteirinha tal qual o primo governador, Abi pensa em concorrer em 2016 para se defender de “detratores” – inclusive integrantes do Ministério Público e da imprensa — que o acusam de “liderar uma quadrilha” dentro do governo do estado.

O lobista também cogita a possibilidade criar um blog para contar sua versão e revelar os bastidores da Operação Publicano, bem como outros personagens do mundo político ainda ocultos.

Na última sexta-feira (11), em frente ao Fórum de Londrina, Luiz Abi articulava chapa “puro-sangue” do PSDB com o vereador londrinense Gustavo Richa – também primo do governador.

O diabo é que Gustavo está na marca do pênalti, pois a primeira suplente Adriana Aguilera, do PHS, está requerendo a cadeira porque o rapaz pulou a janela da infidelidade antes o tempo (em setembro).

É pertinente registrar que, também na sexta, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou abertura de investigação contra o governador Beto Richa acusado de usar dinheiro de propina, na Receita Estadual, para a reeleição de 2014.

Em Londrina, além de Luiz Abi, pelo PSDB, trabalham ainda pela Prefeitura o atual prefeito Alexandre Kireeff (PSD); Marcelo Belinati (PP);  e Odarlone Orente (PT).

Texto originalmente publicado em 15/03/2016 às 9h57. Republicado em virtude de troca de servidores.

Leia mais

11 de março de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

STJ autoriza investigação de corrupção contra Beto Richa

O ministro João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), instaurou inquérito para investigar o possível envolvimento do governador Beto Richa (PSDB), no esquema de corrupção na Receita Estadual.

Segundo a auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, R$ 4,3 milhões em propina arrecadados no esquema teriam sido destinados ao financiamento da campanha de reeleição de Richa, em 2014. As denúncias foram apuradas pelo Gaeco na Operação Publicano, mas por ter foro privilegiado, o governador não pode ser investigado no Paraná.

O caso com o possível envolvimento de Richa foi remetido à PGR em novembro do ano passado, e a Procuradoria pediu autorização ao STJ para abrir o inquérito no início deste ano.

Com a autorização do STJ, finalmente o governador poderá ser investigado neste que é tido com um dos maiores escândalos de corrupção no estado. Beto Richa já entra para a história como o primeiro governador do Paraná a ser investigado pelo STJ.

Com informações do Leia mais

11 de março de 2016
por Esmael Morais
27 Comentários

Corrupção no governo Beto Richa é melhor que as outras? Por quê?

Com base na gravidade dos desvios na Receita Estadual apurados pelo Gaeco, na Operação Publicano, os deputados de oposição tentam novamente emplacar uma CPI sobre o tema. A primeira tentativa de instalação de uma comissão parlamentar para investigar o caso está completando um ano. Assim como em 2015, a maioria dos deputados se recusa a assinar o requerimento.

É que as revelações dos auditores fiscais no caso apontam para o Palácio Iguaçu. Há fortes indícios de que a propina arrecadada ajudou a financiar a reeleição do governador Beto Richa (PSDB). Por isso os deputados governistas, a tal “Bancada do Camburão”,  fazem de tudo para evitar as investigações e a exposição do caso.

O problema é que os deputados que escondem a sujeira do governos estadual, são os mesmos que fazem discursos inflamados contra as denúncias de corrupção no governo federal. Muitos estarão nas ruas no domingo (13) para combater a corrupção(!), mas só a federal. A do Beto Richa tá liberada.

Confia abaixo o vídeo de um disc Leia mais

10 de março de 2016
por Esmael Morais
14 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: “A verdade vos libertará”

Reinaldo de Almeida César*

Divirto-me até não mais poder, gargalhando às escancaras, ao observar as manifestações daqueles que, além de se sujeitarem a carregar a liteira no Palácio, ainda acham tempo para me agredir, não aceitando as observações críticas que faço, em relação ao atual governo, na área da segurança pública.

Também acho muita graça quando portadores de inveja ou fomentadores da intriga não se conformam quando elogio, naquilo que me merece, a gestão do secretário Wagner Mesquita.

Considero o secretário Mesquita um bom profissional, jeitoso, de boa conversa, com preparo técnico para o exercício da função. Tem perfil baixo, sabe valorizar a equipe e — importante para ele — está consciente das inevitáveis traições e decepções a que estará sujeito, de onde e quando menos esperar.

Essa consideração pessoal que faço ao secretário Mesquita, sem qualquer favor, não me inibe em dizer que as atuais condições das polícias civil, militar e criminalística, estão muito, muito longe das necessidades destas instituições.

Nada me fará deixar de cobrar o governo, para que valorize as carreiras dos profissionais da segurança pública, convertendo o reconhecimento em salários dignos para oficiais e praças da PM, para delegados, escrivães, investigadores e papiloscopistas da Civil, para médicos-legistas e peritos, entre outros. Leia mais

8 de março de 2016
por Esmael Morais
25 Comentários

Em tempos de Lava Jato, delator revela propina na reeleição de Richa

A campanha de reeleição do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), teria recebido “pixulecos” oriundos de propina da Receita Estadual. A denúncia é ex-auditor fiscal Luiz Antônio de Souza que ontem (7), em delação no Fórum de Londrina, disse que o tucano recebeu R$ 1,5 milhão.

Souza está preso desde janeiro de 2015, depois de denunciado por pedofilia. Ele fez um acordo de delação premiada com promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço policial do Ministério Público do Paraná (MP), que conduzem a Operação Publicano.

Segundo depoimento do delator, os delegados regionais da Receita Estadual eram indicações políticas dos deputados federais Fernando Francischini (SD) e Luiz Carlos Hauly (PSDB). Também tinha força para emplacar nomes o primo de Richa, o lobista Luiz Abi Antoun, apontado pelo MP como “chefe da quadrilha” que atuava dentro do governo do estado.

Além de entregar o esquema para irrigar a campanha de Beto Richa, o ex-auditor Luiz Antônio nominou o deputado estadual Tiago Amaral (PSB), filho do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), como beneficiário de R$ 200 mil coletados em propinas na Receita Estadual.

Com informações dos blogs Baixo Clero e Paçoca com Cebola, de Londrina.

Leia mais

26 de fevereiro de 2016
por Esmael Morais
13 Comentários

Governo Richa teve esquema de R$ 1 bi na Receita Estadual, diz MP

A Receita Estadual do Paraná teve prejuízo de R$ 1 bilhão devido esquemas de corrupção, segundo a Operação Publicano, que investiga propinas no órgão fazendário.

O dinheiro das propinas teria drenado a campanha de reeleição do governador Beto Richa (PSDB), de acordo com o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

O Gaeco, braço policial do Ministério Público do Paraná, aponta existência de uma quadrilha dentro do governo do estado.

O levantamento do MP foi repassado na semana passada à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA).

O governador tucano foi indiciado pela Procuradoria Geral da República (PGR), que pediu abertura de investigação no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Além de Richa, o lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador, é apontado pelo MP como chefe da quadrilha.

As investigações apontam que o pagamento da propina ocorria de várias formas, como emissão artificial de créditos de ICMS (Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e uso de empresas ‘laranjas’ para empréstimos de notas ficais frias. De acordo com o Ministério Público (MP-PR), havia, inclusive, uma “caixinha”, reserva a ser usada com o objetivo de pagar advogados caso o esquema fosse descoberto.

Promotores diz Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo