16 de fevereiro de 2016
por admin
13 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Marechal Floriano é o culpado

Download áudio

Marcelo Araújo*

Notícias recentes dão conta de que, num período de dois meses, apenas dois radares instalados na Marechal Floriano fizeram 13 mil autuações, o que daria uma média mensal de 6,5 mil.

Em artigo publicado aqui no Blog do Esmael datado de 29/12/15 eu já alertava da manipulação dos números de autuações ocorridas na área calma, e o que merece ser relembrado é o ofício do prefeito tanto ao vereador Professor Galdino (PSDB) quanto ao Presidente da Câmara, vereador Ailton Araújo (PSC), informando das autuações mensais de TODOS equipamentos entre janeiro e julho de 2015, cuja variação foi entre 21 e 28 mil. Dessa vez o vereador Tico Kuzma (PROS) demonstra sua indignação e pede explicações.

Então significa que agora apenas dois equipamentos geraram o equivalente a ¼ da média de autuações mensais do ano passado. Sem contar o que já foi analisado em relação à área calma? Na reportagem acima a prefeitura ainda chama a Marechal de ‘Via Calma’ de 40Km/h quando o termo ‘Via Calma’ iniciou o uso na Sete de Setembro com velocidade de 30Km/h, e ‘Área Calma’ é um polígono centrar de velocidade de 40Km/h. A intenção realmente é dar um nó na cabeça do cidadão e ainda qualificá-lo de desobediente às leis. Cavar a falta na área (calma?) para ganhar no pênalti?

Voltando ao velho assunto do pátio. Em outubro de 2015 eu já denunciava o descaso em relação ao pátio que foi alugado emergencialmente, e cuja segurança estava sendo feita informalmente pela Guarda e por Agentes, cuja função não é esta.

Pois bem, além de ter sido extinto o serviço de remoção de veículos que obstruem saídas, entre outras, os veículos recolhidos não possuem segurança, e estão sendo constantemente depredados, peças furtadas, e toda sorte de práticas decorrentes da invasão do pátio da Marechal Floriano. Significa que quem for reaver seu carro, e ele tiver sofrido qualquer dano, depreciação ou furto de peças, isso se o carro inteiro não sumiu, tem direito a ser indenizado material e moralmente pela prefeitura.

Naquela oportunidade eu já pedia postura dos Vereadores, Ministério Público e Tribunal de Contas contra esses desmandos. Parece que alguns edis até então fiéis ao alcaide já começam a pesar a conveniência da conivência, avaliando a saída à francesa. Tomando por base o histórico de culpar o passado do nosso ‘Prefeito Sabatina’ podemos sugerir que culpe o Marechal Floriano, já que tanto o pátio quanto os radares se encontram nessa via.

De multa Leia mais