28 de setembro de 2014
por esmael
7 Comentários

Tribunal de Justiça barra greve dos agentes penitenciários no Paraná

Liminar do Tribunal de Justiça do Paraná suspendendo greve dos agentes penitenciários, que estava prevista para amanhã (29), é mais uma prova cabal de que o governador Beto Richa realmente é um "homem de sorte", como ele próprio declarou em sabatina no jornal Gazeta do Povo; agentes penitenciários exigem segurança dentro das unidades penais; em 2014, o sistema carcerário teve 20 rebeliões nas quais os agentes foram ameaçados e tomados como reféns pelos presos rebelados.

Liminar do Tribunal de Justiça do Paraná suspendendo greve dos agentes penitenciários, que estava prevista para amanhã (29), é mais uma prova cabal de que o governador Beto Richa realmente é um “homem de sorte”, como ele próprio declarou em sabatina no jornal Gazeta do Povo; agentes penitenciários exigem segurança dentro das unidades penais; em 2014, o sistema carcerário teve 20 rebeliões nas quais os agentes foram ameaçados e tomados como reféns pelos presos rebelados.

O governador Beto Richa (PSDB), como o próprio disse recentemente em sabatina no jornal Gazeta do Povo, realmente é um “homem de sorte” (clique aqui). Ele obteve uma liminar no começo da noite de sexta-feira (26), junto ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), proibindo que os agentes penitenciários do estado deflagrem greve geral nesta segunda-feira (29). Leia mais