PoderData aponta vitória de Lula no primeiro turno, dentro da margem de erro

► A minha causa é tirar o povo pobre da miséria, diz Lula

Pesquisa do PoderData, divulgada hoje, mostrou Lula (PT) subindo um ponto enquanto Bolsonaro desceu um ponto.

Lula ainda vence no primeiro turno dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos. Ele tem 44% das intenções de voto.

O presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) aparece com 34%.

Os demais candidatos somam apenas 11% dos votos válidos.

Todos os adversários de Lula somam 45%.

No cenário de segundo turno, Lula ampliou a vantagem para 17 pontos sobre Bolsonaro.

Se a disputa avançar a para o segundo turno, Lula teria 52% ante 35% de Bolsonaro.

A pesquisa do PoderData foi realizada de 19 a 21 de junho de 2022, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.000 entrevistas em 302 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-07003/2022.

Duas novas pesquisas prometem desafiar o Datafolha para presidente

Vem aí novo Datafolha sobre a disputa de presidente da República

Lula: velhice não existe para quem tem causa nobre para defender

O ex-presidente Lula, 76 anos, disse nesta quarta (22/06) que é pré-candidato de um movimento amplo e que a velhice ocorre somente quando a pessoa não tem uma causa nobre para defender.

– Eu já tive medo de ficar velho, mas percebi que a velhice não é sobre a quantidade de anos que você tem – revelou o petista.

Segundo Lula, a velhice só acontece quando você não tem uma causa nobre para defender.

– E a minha causa é tirar o povo pobre da miséria e dar a ele dignidade – afirmou.

Veja também  Marcelo Ramos é defenestrado da vice da Câmara por ordem de Bolsonaro

Lula disse ainda que está com mais vontade do que nas outras eleições que ele participou, porque, explicou, já sabe o que fazer quando sentar na cadeira.

– A gente vai começar pelos de baixo. Pelo que o povo mais precisa. Nós vamos colocar o pobre no orçamento.