Mamãe Falei cassado

Por 73 votos a 0, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou nesta terça-feira (17/05) o pedido de cassação do mandato do deputado Arthur do Val (União Brasil).

Conhecido como Mamãe Falei, o ex-deputado ficou inelegível por oito anos – mesmo tendo renunciado ao cargo antes da cassação pela Alesp.

Eram necessários 48 votos para a confirmação da recomendação do Conselho de Ética.

Arthur do Val teve a quebra de decoro aprovada por unanimidade no Conselho de Ética da Casa, depois da divulgação de áudios em que ele se referia a mulheres ucranianas vítimas da guerra com a Rússia de maneira considerada machista, sexista e preconceituosa. O Conselho recomendou a perda definitiva do mandato do parlamentar.

A sessão da Alesp durou cerca de uma hora e meia.

Veja também  Bolsonaro "homenageia" trabalhadores com reajuste de 19% no preço do gás natural a partir deste 1º de maio