Bolsonaro determina a comemoração do golpe de 1964

Publicado em 25 março, 2019
Compartilhe agora!

O presidente Bolsonaro determinou ao ministério da Defesa que faça as “comemorações devidas” pelos 55 anos do golpe de 64 que deu início à ditadura militar no país.

LEIA TAMBÉM: Aprovação à ‘reforma’ da Previdência despenca nas redes sociais

O golpe depôs o então presidente João Goulart em 31 de março de 1964. Após o ato, iniciou-se uma ditadura no país, que durou 21 anos.

No período, não houve eleição direta para presidente, O Congresso Nacional chegou a ser fechado, mandatos foram cassados e houve censura à imprensa. Centenas de ativistas foram mortos. Milhares foram exilados.

“O nosso presidente já determinou ao Ministério da Defesa que faça as comemorações devidas com relação a 31 de março de 1964, incluindo uma ordem do dia, patrocinada pelo Ministério da Defesa, que já foi aprovada pelo nosso presidente”, afirmou o porta-voz Rêgo Barros.

Com informações do G1.

Compartilhe agora!