16 de agosto de 2014
por esmael
59 Comentários

O Globo: Jingle “Tacalepau Requião, véio” é o melhor do país

O colunista Ilmar Franco, d’O Globo, comentou o jingle de campanha do senador Roberto Requião (PMDB) que caiu no gosto dos internautas e é considerado um dos mais “agressivos” desta eleição. O bem-humorado jingle virou clipe. Leia a nota: Leia mais

13 de junho de 2014
por esmael
32 Comentários

“Coligação do PMDB com o PSDB já está na UTI”, afirma Rocha Loures

"A coligação do PMDB com o PSDB já está na UTI, só falta desligar os aparelhos", disse Rocha Loures, olheiro e conselheiro político do vice-presidente Michel Temer sobre assuntos do Paraná; sentimento de gratidão de Temer e da própria presidenta Dilma Rousseff em relação a Requião deverá se materializar semana que vem; lançamento da candidatura própria está nos planos do PMDB nacional, do vice e do PT, pois cada vez mais as eleições no Paraná ganham contornos nacionais. Perder um importante palanque, cedendo-o ao tucano Aécio Neves, está fora de cogitação.

“A coligação do PMDB com o PSDB já está na UTI, só falta desligar os aparelhos”, disse Rocha Loures, olheiro e conselheiro político do vice-presidente Michel Temer sobre assuntos do Paraná; sentimento de gratidão de Temer e da própria presidenta Dilma Rousseff em relação a Requião deverá se materializar semana que vem; lançamento da candidatura própria está nos planos do PMDB nacional, do vice e do PT, pois cada vez mais as eleições no Paraná ganham contornos nacionais. Perder um importante palanque, cedendo-o ao tucano Aécio Neves, está fora de cogitação.

“Só falta desligar os aparelhos”. Essa é a avaliação do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, único paranaense na executiva nacional do PMDB, ao avaliar com exclusividade ao Blog do Esmael as possibilidades de coligação do partido com o PSDB do governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

3 de Maio de 2014
por esmael
55 Comentários

Temer tenta unificar PMDB em torno de Requião, revela Globo

do Brasil 247

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) almoçou com o vice-presidente da República, Michel Temer, nesta sexta-feira 2,quando discutiram a candidatura ao governo do Paraná; tentativa do cacique do PMDB é unificar o partido em torno do nome do parlamentar; o PT, que lança no estado a senadora Gleisi Hoffmann, não quer Requião na disputa; com ele, no entanto, o PMDB se afastaria do PSDB do governador Beto Richa.

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) almoçou com o vice-presidente da República, Michel Temer, nesta sexta-feira 2,quando discutiram a candidatura ao governo do Paraná; tentativa do cacique do PMDB é unificar o partido em torno do nome do parlamentar; o PT, que lança no estado a senadora Gleisi Hoffmann, não quer Requião na disputa; com ele, no entanto, o PMDB se afastaria do PSDB do governador Beto Richa.

O vice-presidente da República, Michel Temer, tenta unificar os peemedebistas em torno da candidatura do senador Roberto Requião (PMDB-PR) ao governo do Paraná, noticia o colunista político Ilimar Franco, do Globo. Leia mais

12 de dezembro de 2013
por esmael
17 Comentários

Ciro Gomes será o novo ministro da Saúde

do Brasil 247

Ex-ministro, que já criticou o Mais Médico, depois voltou atrás e até pediu desculpas pelos cearenses que vaiaram os cubanos, vai substituir Alexandre Padilha; ministro entra na reforma de 2014 para disputar o governo de São Paulo; petistas defendiam a nomeação do secretário-executivo Mozart Sales.

Ex-ministro, que já criticou o Mais Médico, depois voltou atrás e até pediu desculpas pelos cearenses que vaiaram os cubanos, vai substituir Alexandre Padilha; ministro entra na reforma de 2014 para disputar o governo de São Paulo; petistas defendiam a nomeação do secretário-executivo Mozart Sales.

O ex-ministro Ciro Gomes será em breve anunciado como novo ministro da Saúde. Petistas defendiam que a pasta comandada por Alexandre Padilha, que sai para disputar o governo de São Paulo, fosse dada ao secretário-executivo Mozart Sales. No entanto, o colunista Ilimar Franco diz que Ciro venceu a concorrência por estar mais preparado para enfrentar o debate político com a oposição em ano eleitoral. Leia mais

23 de novembro de 2013
por esmael
51 Comentários

Lula já não esconde: indicação de Barbosa foi seu maior erro

do Brasil 247 O ex-presidente Lula já não esconde de mais ninguém seu arrependimento com a indicação de Joaquim Barbosa ao Supremo Tribunal Federal, feita em 2003, no primeiro ano de seu mandato. Lula tinha a intenção de nomear um ministro negro para marcar o compromisso de seu governo com a inclusão social. A sugestão do nome partiu do amigo Frei Betto e foi chancelada pelo então ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos. Lula, no entanto, hoje afirma que a escolha de Joaquim Barbosa foi seu maior erro em oito anos na presidência da República.

A informação foi publicada por Ilimar Franco, do Globo:

Se arrependimento matasse – ILIMAR FRANCO

Com as prisões de José Dirceu e José Genoino, o ex-presidente Lula não esconde mais sua irritação com o presidente do STF, Joaquim Barbosa. A amigos que estiveram com Lula nos últimos dias, as críticas deixaram de ser veladas, e ele passou a ser categórico. Disse que o maior equívoco que cometeu na Presidência foi o de indicar Barbosa para ministro do Supremo.

Risco zero
No Planalto, a avaliação é que não há hipótese de o presidente do STF, Joaquim Barbosa, filiar-se a algum partido para concorrer à  Presidência ou a algum cargo majoritário nas eleições do ano que vem. O núcleo político do governo acha que todos os bônus obtidos por Barbosa no Supremo cairão por terra. Ele terá que responder sobre todas as suas escolhas e por todos os erros e problemas enfrentados pelo partido a que ele se filiar!, diz um interlocutor palaciano. Ministros do STF fazem a mesma aposta e ainda contam que ele deverá se aposentar tão logo deixe a presidência, em 2014, para evitar ser comandado por Ricardo Lewandowski, o próximo presidente do STF.