13 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
6 Comentários

Richa sonha empregar Osmar na Copel

O governador Beto Richa (PSDB) luta para emplacar Osmar Dias (PDT) na presidência da Copel (Companhia Paranaense de Energia). Leia mais

13 de junho de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

“Coligação do PMDB com o PSDB já está na UTI”, afirma Rocha Loures

"A coligação do PMDB com o PSDB já está na UTI, só falta desligar os aparelhos", disse Rocha Loures, olheiro e conselheiro político do vice-presidente Michel Temer sobre assuntos do Paraná; sentimento de gratidão de Temer e da própria presidenta Dilma Rousseff em relação a Requião deverá se materializar semana que vem; lançamento da candidatura própria está nos planos do PMDB nacional, do vice e do PT, pois cada vez mais as eleições no Paraná ganham contornos nacionais. Perder um importante palanque, cedendo-o ao tucano Aécio Neves, está fora de cogitação.

“A coligação do PMDB com o PSDB já está na UTI, só falta desligar os aparelhos”, disse Rocha Loures, olheiro e conselheiro político do vice-presidente Michel Temer sobre assuntos do Paraná; sentimento de gratidão de Temer e da própria presidenta Dilma Rousseff em relação a Requião deverá se materializar semana que vem; lançamento da candidatura própria está nos planos do PMDB nacional, do vice e do PT, pois cada vez mais as eleições no Paraná ganham contornos nacionais. Perder um importante palanque, cedendo-o ao tucano Aécio Neves, está fora de cogitação.

“Só falta desligar os aparelhos”. Essa é a avaliação do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, único paranaense na executiva nacional do PMDB, ao avaliar com exclusividade ao Blog do Esmael as possibilidades de coligação do partido com o PSDB do governador Beto Richa (PSDB).  ... 

Leia mais

3 de maio de 2014
por Esmael Morais
55 Comentários

Temer tenta unificar PMDB em torno de Requião, revela Globo

do Brasil 247

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) almoçou com o vice-presidente da República, Michel Temer, nesta sexta-feira 2,quando discutiram a candidatura ao governo do Paraná; tentativa do cacique do PMDB é unificar o partido em torno do nome do parlamentar; o PT, que lança no estado a senadora Gleisi Hoffmann, não quer Requião na disputa; com ele, no entanto, o PMDB se afastaria do PSDB do governador Beto Richa.

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) almoçou com o vice-presidente da República, Michel Temer, nesta sexta-feira 2,quando discutiram a candidatura ao governo do Paraná; tentativa do cacique do PMDB é unificar o partido em torno do nome do parlamentar; o PT, que lança no estado a senadora Gleisi Hoffmann, não quer Requião na disputa; com ele, no entanto, o PMDB se afastaria do PSDB do governador Beto Richa.

O vice-presidente da República, Michel Temer, tenta unificar os peemedebistas em torno da candidatura do senador Roberto Requião (PMDB-PR) ao governo do Paraná, noticia o colunista político Ilimar Franco, do Globo. ... 

Leia mais

12 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
17 Comentários

Ciro Gomes será o novo ministro da Saúde

do Brasil 247

Ex-ministro, que já criticou o Mais Médico, depois voltou atrás e até pediu desculpas pelos cearenses que vaiaram os cubanos, vai substituir Alexandre Padilha; ministro entra na reforma de 2014 para disputar o governo de São Paulo; petistas defendiam a nomeação do secretário-executivo Mozart Sales.

Ex-ministro, que já criticou o Mais Médico, depois voltou atrás e até pediu desculpas pelos cearenses que vaiaram os cubanos, vai substituir Alexandre Padilha; ministro entra na reforma de 2014 para disputar o governo de São Paulo; petistas defendiam a nomeação do secretário-executivo Mozart Sales.

O ex-ministro Ciro Gomes será em breve anunciado como novo ministro da Saúde. Petistas defendiam que a pasta comandada por Alexandre Padilha, que sai para disputar o governo de São Paulo, fosse dada ao secretário-executivo Mozart Sales. No entanto, o colunista Ilimar Franco diz que Ciro venceu a concorrência por estar mais preparado para enfrentar o debate político com a oposição em ano eleitoral. ... 

Leia mais

23 de novembro de 2013
por Esmael Morais
51 Comentários

Lula já não esconde: indicação de Barbosa foi seu maior erro

do Brasil 247 O ex-presidente Lula já não esconde de mais ninguém seu arrependimento com a indicação de Joaquim Barbosa ao Supremo Tribunal Federal, feita em 2003, no primeiro ano de seu mandato. Lula tinha a intenção de nomear um ministro negro para marcar o compromisso de seu governo com a inclusão social. A sugestão do nome partiu do amigo Frei Betto e foi chancelada pelo então ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos. Lula, no entanto, hoje afirma que a escolha de Joaquim Barbosa foi seu maior erro em oito anos na presidência da República.

A informação foi publicada por Ilimar Franco, do Globo:

Se arrependimento matasse – ILIMAR FRANCO

Com as prisões de José Dirceu e José Genoino, o ex-presidente Lula não esconde mais sua irritação com o presidente do STF, Joaquim Barbosa. A amigos que estiveram com Lula nos últimos dias, as críticas deixaram de ser veladas, e ele passou a ser categórico. Disse que o maior equívoco que cometeu na Presidência foi o de indicar Barbosa para ministro do Supremo.

Risco zero
No Planalto, a avaliação é que não há hipótese de o presidente do STF, Joaquim Barbosa, filiar-se a algum partido para concorrer à  Presidência ou a algum cargo majoritário nas eleições do ano que vem. O núcleo político do governo acha que todos os bônus obtidos por Barbosa no Supremo cairão por terra. Ele terá que responder sobre todas as suas escolhas e por todos os erros e problemas enfrentados pelo partido a que ele se filiar!, diz um interlocutor palaciano. Ministros do STF fazem a mesma aposta e ainda contam que ele deverá se aposentar tão logo deixe a presidência, em 2014, para evitar ser comandado por Ricardo Lewandowski, o próximo pres Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo