Zé Trovão ganha um "anel de pombo" do ministro Alexandre de Moraes

Zé Trovão ganha um “anel de pombo” do ministro Alexandre de Moraes

O militante bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, o Zé Trovão, ganhou um “anel de pombo” do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, relator dos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos. Moraes concedeu nesta sexta-feira (17/12) prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica para o apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Preso desde 26 de outubro passado, Zé Trovão se autoexilou no México pouco antes das manifestações antidemocráticas no 7 de setembro, quando ele e outros bolsonaristas ameaçaram instituições como STF e Congresso Nacional. Na época, a PGR se opôs ao pedido de prisão formulado pela Polícia Federal.

Moraes rejeita liberdade para Roberto Jefferson, que vai passar o Natal na cadeia

“Apesar da gravidade das condutas do requerente, em razão do lapso temporal decorrido do feriado nacional de 7/09/2021 e a presente data, não estão mais presentes, em relação a Marcos Antônio Pereira Gomes os requisitos fáticos necessários à manutenção da prisão preventiva”, decidiu Moraes.

Zé Trovão xingou ministros do Supremo e parlamentares, ameaçando invadir o Congresso e o prédio do STF. Ele estimulou protesto de caminhoneiros em Brasília, na Praça dos Três Poderes.