Zé de Abreu x Twitter: greve geral de 24h contra a censura do aplicativo

Zé de Abreu x Twitter: greve geral de 24h contra a censura do aplicativo

O ator José de Abreu deflagrou nas redes sociais uma “greve geral” no Twitter por, pelo menos, 24 horas. O Blog do Esmael é solidário à manifestação.

Na quarta-feira (05/01), após ser atacado por Jair Bolsonaro (PL), Zé de Abreu conclamou uma “retirada geral” do Twitter para que “deixem o gado falando sozinho”, em referência aos apoiadores do presidente Bolsonaro.

“Conclamo todos os anti bolsonaros que fiquemos 24 horas sem postar nada nem dar RT no Twitter”, exortou o artista da Globo.

Segundo o ator, que tem 75 anos, o Twitter faltou com a verdade acerca de uma postagem que retratava uma declaração de Bolsonaro sobre a ex-presidente Dilma Rousseff, em 2015.

“Conclamo todos os anti bolsonaros que fiquemos 24 horas sem postar nada nem dar RT no twitter. Será uma demonstração de força que só os realmente esquerdistas conseguirão. A partir de meia noite de hoje ninguém posta nem dá RT em nada até amanhã. Greve no @Twitter. Se não, parto”, escreveu Zé de Abreu.

O ator disse que não pode aceitar ser admoestado por uma rede [Twitter] sem critérios por postar um entre aspas do Genocida!

“Se fosse por eu querer que ele se exploda em merda, até aceito”, disse. “Mas por postar o que ele disse?
@twitter que me pague para produzir conteudo. A luta política farei nas ruas”, prometeu.