O dinheiro para a calçada de granito no Batel veio do governo do estado!

Sobrou para o governador Beto Richa (PSDB). A radicalizada burguesia do luxuoso bairro do Batel abriu o bico e entregou o tucano. O dinheiro para calçar a Rua Bispo Dom José !“ hoje a avenida mais famosa do mundo !“ veio dos cofres do governo estadual, mais precisamente da Secretaria do Desenvolvimento Urbano (SEDU). O valor é de R4 3,1 milhões.

A grana não veio, portanto, da prefeitura de Curitiba, como muitos mortais acreditavam até agora. A informação é do presidente da Associação de Bares e Casas Noturnas, Fábio Aguayo, que esteve reunido nesta quarta-feira na prefeitura e no Palácio Iguaçu.

O dinheiro para a calçada de granito veio do governo do estado!, revela Aguayo. Segundo ele, a prefeitura não pode paralisar a obra sem a anuência do patrocinador, no caso o governador Beto Richa.

A burguesia do Batel lançou ontem a campanha O Granito é Nosso!! (leia mais sobre isso clicando aqui). Comerciantes do pedaço, que se sentem prejudicados pela paralisação das obras, prometem cobrar perdas e danos financeiros na Justiça. Alguns falam em se acorrentar aos granitos, caso a prefeitura pense em arrancá-los do chão.

O deputado Reinold Stephanes Jr (PMDB) avisou ao blog que não pretende se acorrentar à s pedras, mas diz apoiar o gesto da burguesia do bairro mais chique da capital paranaense.

Veja também  Vem aí a 'CPI do Porto de Paranaguá' na Assembleia Legislativa do Paraná

Comments are closed.