URGENTE: Geddel Vieira Lima é o segundo ‘ministro’ de Temer a ser preso pela PF

Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), ex-ministro da Secretaria de Governo, foi preso pela Polícia Federal nesta segunda-feira (3).

Ele “caiu” em virtude da Operação Cui Bono? (“A quem beneficia?”, em latim), que investigava fraude na vice-presidência de pessoa jurídica na Caixa Econômica Federal, entre 2011 e 2013. Geddel era o titular do cargo.

Geddel deixou o governo de Michel Temer em novembro do ano passado, após ser acusado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de tê-lo pressionado para liberar uma obra no centro histórico de Salvador (BA).

A prisão do ex-ministro é preventiva e não tem tempo determinado de duração.

Geddel, ao lado do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que continua preso em Curitiba, foi um dos artífices da derrubada da presidente eleita Dilma Rouseff (PT).

No começo de junho, o ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves também foi preso pela Polícia Federal em desdobramento da operação Lava Jato

Veja também  Aldo Rebelo condena filhinhos de papai de “esquerda” e de “direita” por fogo em Borba Gato

Comments are closed.