URGENTE: Evento adverso que suspendeu testes da vacina chinesa Coronavac foi suicídio; afirma TV Cultura; assista

O Jornal da Tarde da TV Cultura de São Paulo, afirmou, por meio do âncora Aldo Quiroga, que o evento adverso usado como justificativa pela Anvisa para suspender os testes com a vacina chinesa Coronavac foi um suicídio. Portanto, nada teve a ver com a vacina.

“O que os médicos não podem dizer em nome da ética medica mas nós, jornalistas, devemos dizer em nome do interesse público e do combate às informações falsas é o seguinte: o evento adverso, que como explicado na coletiva de imprensa [do Instituto Butantan], é uma forma da literatura médica se referir a acontecimentos não relacionados ao que está em testes, não tem necessariamente relação com a vacina, diz respeito a um voluntário que tirou a própria vida”, afirmou o âncora Aldo Quiroga.

Assista ao comentário de Quiroga:

Confira a íntegra da matéria:

Ontem, pelo Facebook, o presidente Bolsonaro comemorou a suspensão dos testes da vacina:

“Morte, invalidez, anomalia. Esta é a vacina que o Dória queria obrigar a todos os paulistanos tomá-la. O Presidente disse que a vacina jamais poderia ser obrigatória. Mais uma que Jair Bolsonaro ganha.”

https://www.esmaelmorais.com.br/2020/11/incidente-com-coronavac-no-brasil-nao-tem-relacao-com-vacina-diz-laboratorio-chines-sinovac/

https://www.esmaelmorais.com.br/2020/11/bolsonaro-comemora-suspensao-dos-testes-da-vacina-chinesa-coronavac/

https://www.esmaelmorais.com.br/2020/11/anvisa-suspende-testes-da-vacina-chinesa-coronavac-feitos-pelo-butantan/