TSE derruba censura à Paraná Pesquisas

O ministro do TSE Luiz Fux derrubou censura à sondagem da Paraná Pesquisas na eleição suplementar de Foz do Iguaçu (PR).

O diretor-presidente da Paraná Pesquisas Murilo Hidalgo foi representado no TSE pelo advogado Gustavo Guedes, o mesmo que defende o ilegítimo Michel Temer (PMDB).

A corte máxima eleitoral derrubou liminar a mandado de segurança do TRE, que proibia a divulgação da pesquisa no município da tríplice fronteira.

O pedido de censura à sondagem partiu da tropa de choque do governador Beto Richa (PSDB), que torce pelo candidato Phelipe Mansur (PSB).

O candidato de oposição é Chico Brasileiro (PSD), que, segundo a Paraná Pesquisas, lidera a disputa pela Prefeitura de Foz prevista para 2 de abril.

“Desse modo, visando a resguardar o direito à informação dos eleitores do Município de Foz do Iguaçu/PR, postulado insculpido no art. 5º, XIV, da Constituição da República, impõe-se a concessão de tal medida in limine litis”, decidiu Fux.

Para o senador Roberto Requião (PMDB-PR) ‘qualquer tipo de censura’ configura-se em abuso de autoridade da autoridade judicial.

Leia a decisão:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2017/03/tse_censura.pdf

Comments are closed.