Teori Zavascki morreu na queda do avião; ameaças foram relatadas pelo filho

O ministro do STF Teori Zavascki, relator da Lava Jato, morreu na queda de um avião de pequeno porte nos arredores de Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. A morte do magistrado foi confirmada pelo filho dele Francisco Prehn Zavascki.

“Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!”, escreveu o filho no Twitter.

Francisco já havia registrado nas redes sociais em maio do ano passado que, caso acontecesse algo com a família dele, “vocês já sabem onde procurar”. A mensagem foi apagada, mas mesmo assim foi recuperada por leitores do Blog do Esmael.

“É óbvio que há movimentos dos mais variados tipos para frear a Lava Jato. Penso que é até infantil que não há, isto é, que criminosos do pior tipo (conforme o MPF afirma) simplesmente resolveram se submeter à lei! Acredito que a Lei e as instituições vão vencer. Porém, alerto: se algo acontecer com alguém da minha família, vocês já sabem onde procurar…! Fica o recado!”

Zavascki era relator dos processos ligados à Operação Lava Jato no STF e já tinha começado a trabalhar na homologação da delação premiada de 77 executivos da empreiteira Odebrecht.

Os dados da Anac apontam que o avião estava em situação “normal” de aeronavegabilidade.

Comments are closed.