Movimento Passe Livre convoca ato contra aumento dos transportes em SP

O Movimento Passe Livre (MPL) convocou uma manifestação para a próxima terça-feira, dia 7, contra o aumento no preço das passagens de ônibus, metrô e trens na capital paulista decretado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). O aumento de R$ 4,30 para R$ 4,40 e de R$ 7,48 para R$ 7,65 nas integrações é contestado pelo … Read more

Ano novo inicia com tarifaço nas passagens de metrô, ônibus e trens em SP

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou um aumento de 2,33% no valor das passagens de ônibus, metrô e trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) a partir desta quarta-feira (1º). As passagens unitárias do transporte público na capital paulista vão aumentar de R$ 4,30 para R$ 4,40. Já a integração entre … Read more

Procuradores vão à  Suíça à  caça de contas secretas do trensalão tucano

do Brasil 247
trensalao_tucano_suicaAs autoridades financeiras da Suíça vão receber esta semana mais uma delegação de promotores e procuradores brasileiras. Desta vez a missão é para a coleta de informações sobre contas bancárias, extratos e provas sobre supostas propinas pagas a altos funcionários do governo do Estado de S. Paulo pela multinacional Alstom.

Um porta-voz da Justiça suíça tem divulgado que o país tem “amplo material” sobre o caso. As autoridades estariam dispostas a colaborar com os pedidos da comissão de representantes do Ministério Público brasileiro. Com as informações sobre a movimentação desses consultores, a esperança dos promotores brasileiros é o de chegar a novos funcionários públicos e até políticos que tenham sido beneficiados com o dinheiro do cartel que, entre o final dos anos 90 e 2008, ganhou contratos bilionários da CPTM e do Metrô do Distrito Federal.

Read more

Bloqueios do propinoduto tucano somam R$ 60 milhões

do Brasil 247

João Roberto Zaniboni é um dos alvos do sequestro de R$ 60 milhões solicitado pela Policia Federal no caso do propinoduto em governos tucanos desde a gestão de Mario Covas; juiz congelou R$ 2,98 milhões da conta do ex-diretor da CPTM citado em investigações do Ministério Público da Suíça sobre a Alstom, mais R$ 2 milhões de sua consultoria, e R$ 1 milhão de seu sócio; sua filha, Milena Colombini Zaniboni, também foi envolvida; principal atingido na medida foi o consultor Arthur Gomes Teixeira, conhecido no setor como uma pessoa muito influente no governo, com R$ 30 milhões.
João Roberto Zaniboni é um dos alvos do sequestro de R$ 60 milhões solicitado pela Policia Federal no caso do propinoduto em governos tucanos desde a gestão de Mario Covas; juiz congelou R$ 2,98 milhões da conta do ex-diretor da CPTM citado em investigações do Ministério Público da Suíça sobre a Alstom, mais R$ 2 milhões de sua consultoria, e R$ 1 milhão de seu sócio; sua filha, Milena Colombini Zaniboni, também foi envolvida; principal atingido na medida foi o consultor Arthur Gomes Teixeira, conhecido no setor como uma pessoa muito influente no governo, com R$ 30 milhões.
O ex-diretor da CPTM João Roberto Zaniboni e o consultor Arthur Gomes Teixeira foram os principais alvos do bloqueio de bens solicitado pela Policia Federal no caso do propinoduto de São Paulo.

As investigações sobre pagamentos de propina durante licitações do metrô de São Paulo e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) envolvem as empresas Alstom e Siemens e governos estaduais geridos pelos PSDB, entre 1995 e 2008.

Read more