31 de outubro de 2013
por esmael
22 Comentários

Coluna do Maurício Requião: “Entrei na Justiça para reduzir a tarifa de ônibus em Curitiba porque o prefeito não toma providências”

Maurício Requião conta que entrou com uma Ação Popular, na Justiça, exigindo que a tarifa de ônibus em Curitiba seja reduzida de R$ 2,70 para R$ 2,25 e domingueira a R$ 1; ele estranha que o valor da tarifa técnica de R$ 2,99, que é repassado à s empresas, não tenha sofrido nenhum arranhão mesmo com os protestos que sacudiram o país em junho; colunista explica que tomou iniciativa diante da falta de providências do prefeito Gustavo Fruet (PDT); leia o texto.

Maurício Requião conta que entrou com uma Ação Popular, na Justiça, exigindo que a tarifa de ônibus em Curitiba seja reduzida de R$ 2,70 para R$ 2,25 e domingueira a R$ 1; ele estranha que o valor da tarifa técnica de R$ 2,99, que é repassado à s empresas, não tenha sofrido nenhum arranhão mesmo com os protestos que sacudiram o país em junho; colunista explica que tomou iniciativa diante da falta de providências do prefeito Gustavo Fruet (PDT); leia o texto.

por Maurício Requião* ... 

Leia mais

17 de setembro de 2013
por esmael
29 Comentários

Tribunal de Contas pede redução da tarifa de ônibus para R$ 2,25 em Curitiba

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) divulgou uma auditoria, nesta terça (17), no qual aponta que a tarifa do transporte coletivo de Curitiba poderia ser 16,7% menor do que a atual. Isso significa que o usuário poderia estar pagando R$ 2,25, ao invés de R$ 2,70.

A constatação integra relatório de auditoria sobre a Urbs pelo tribunal. O documento relaciona 40 irregularidades, encontradas pela equipe de fiscalização nomeada especialmente pelo órgão de controle externo para averiguar os contratos da Prefeitura Municipal de Curitiba com as empresas de transporte.

O relatório tem 253 páginas e é resultado de três meses de trabalho. Neste período, a comissão de auditoria, formada por seis servidores do Tribunal, fez diversas visitas técnicas aos órgãos fiscalizados, inspeções in loco, entrevistas e estudos técnicos. O relatório, que ainda será julgado pelo Pleno do TCE, estará, em breve, à  disposição da população, no Portal do TCE na internet.

Além da Urbs, a equipe de técnicos do TCE auditou o Fundo de Urbanização de Curitiba. A Rede Integrada de Transporte da Região Metropolitana foi avaliada quanto à  planilha utilizada, o custo por quilômetro, o método empregado na definição de valores, reajustes e subsídios, além da administração dos recursos financeiros. Uma das recomendações é de que a licitação que originou os contratos vigentes seja anulada e se realize uma nova concorrência.

O Leia mais