Dez morreram no ataque à escola de Suzano. Quem ainda defende liberação da arma de fogo?

O autoproclamado presidente do Brasil, ator Zé de Abreu, ato reflexo, olhou para o “interino” Jair Bolsonaro (PSL) quando soube do tiroteio que deixou 10 mortos numa escola de Suzano (SP). “Que coisa terrível aconteceu na escola em Suzano. E o Capitão [Jair Bolsonaro] quer…

Compartilhe agora
Leia mais Dez morreram no ataque à escola de Suzano. Quem ainda defende liberação da arma de fogo?