19 de Abril de 2015
por esmael
19 Comentários

Copel também financiou ataque cibertucano contra Dilma e PT

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) também financiou ataques cibertucanos contra a presidenta Dilma Rousseff e o PT. A informação é de Fernando Gouveia, proprietário do site www.implicante.org, que registrou ontem (18) em seu perfil no Facebook:

“A Agência Propeg é uma das empresas que são clientes da Appendix, entre as quais vale destacar a Vivas.Com, em contrato pelo qual prestamos serviço ao Governo do Paraná, numa ação para a Copel…”, escreveu Gouveia.

Mais preciso impossível.

Na manhã de ontem, ao repercutir reportagem da Folha de S. Paulo, o Blog do Esmael anotou que o governador do Paraná, Beto Richa, fez escola no PSDB nacional. Segundo o jornal, o blogueiro recebe mensalmente R$ 70 mil do governo de São Paulo para defenestrar adversários de Geraldo Alckmin, dentre os quais PT e Dilma.

Ambos os governadores do PSDB, paulista e paranaense, têm o mesmo modus operandi porque a fonte pagadora dos cibertucanos é a mesma: o erário.

Nas eleições de 2014, os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) foram os alvos prediletos dos cibertucanos pró-Richa.

Os cibertucanos funcionavam em um bunker instalado dentro do Palácio Iguaçu e agiam sob o guarda-chuva da franquia tucana “Tenda Digital” — que foi proibida pela Justiça Eleitoral na disputa pelo Palácio Iguaçu.

Abaixo, leia a íntegra da explicação de Fernando Gouveira no Facebook:

Fernando Gouveia
Ontem às 08:32 · Votorantim ·

ALERTA MÁXIMO DE TEXTÃO

Caros, não é de hoje que está rolando uma verdadeira guerra contra quem denuncia petistas na Internet. Dessa vez, em uma matéria repleta de erros, omissões e distorções, fui citado na Folha de São Paulo e, desse modo, informo os fatos reais – pedindo a todos a gentileza de divulgar ao máximo, sempre que alguém aparecer com a notícia estapafúrdia.

São 9 pontos e os esclarecimentos necessários. Peço que tenham paciência Emoticon smile

Vamos lá:

1 – Eu não sou contratado, ponto. Sou sócio de uma empresa que, entre outros clientes, é contratada pela Agência Propeg, por sua vez prestadora de serviços para o Governo do Estado. Essa contratação se deu porque a Appendix (APPX) ofereceu o MENOR PREÇO (informação omitida na matéria) e dispõe, para esse contrato, de 3 empregados regularmente contratados via CLT;

2 – TODA a atuação da empresa ocorre dentro das leis, sejam fiscais ou traba

17 de setembro de 2014
por esmael
86 Comentários

Dona de casa bate-boca com Richa por causa do aumento na conta da luz; assista ao quiproquó

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, passou um apuro danado esta semana em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais, a 100 km de Curitiba, quando foi abordado pela dona de casa Fátima Aparecida Antunes, de 36 anos. Ela quis saber como o tucano teve coragem de aumentar tanto a conta de luz do povo. Leia mais

12 de setembro de 2014
por esmael
33 Comentários

TRE proíbe Requião de atribuir tarifaço da Copel a Richa; tucano admitiu em sabatina que aumentou a conta de luz

Juiz Lourival Pedro Chemim, do TRE, concedeu nesta sexta-feira (12) liminar favorável ao tucano proibindo o senador Roberto Requião (PMDB) fale no horário eleitoral que Richa aumentou a conta de luz em 25%; novamente, governador caiu em contradição ao garantir ao informar na Justiça que "o governador de estado não tem tal poder absoluto para reajustar a tarifa da Copel!; entretanto, o Blog do Esmael registrou fala do candidato do PSDB na sabatina na Universidade Positivo -- -- olha aí as sabatinas, de novo! -- que aumentou a conta de luz dos consumidores paranaenses; Eu tive coragem de aumentar [a conta de luz] em 24% para não quebrar a Copel!, afirmou Richa há exatos dez dias; entrevista foi gravada em vídeo.

Juiz Lourival Pedro Chemim, do TRE, concedeu nesta sexta-feira (12) liminar favorável ao tucano proibindo o senador Roberto Requião (PMDB) fale no horário eleitoral que Richa aumentou a conta de luz em 25%; novamente, governador caiu em contradição ao garantir ao informar na Justiça que “o governador de estado não tem tal poder absoluto para reajustar a tarifa da Copel!; entretanto, o Blog do Esmael registrou fala do candidato do PSDB na sabatina na Universidade Positivo — — olha aí as sabatinas, de novo! — que aumentou a conta de luz dos consumidores paranaenses; Eu tive coragem de aumentar [a conta de luz] em 24% para não quebrar a Copel!, afirmou Richa há exatos dez dias; entrevista foi gravada em vídeo.

O juiz Lourival Pedro Chemim, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), nesta sexta-feira (12), pode ter sido induzido ao erro pelo governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

2 de setembro de 2014
por esmael
23 Comentários

Tarifaço da Copel: Genival indignado com panfletos falsos contra Dilma e Gleisi

Genival, o Fiscal do Requião, flagrou a distribuição de um panfleto apócrifo culpando a presidenta Dilma e a candidata a governadora Gleisi, ambas do PT, pelo aumento na conta de luz no Estado. Aí o Genival pensou, mas como pode, se a Copel é uma empresa do governo do Estado!¿ Foi olhar melhor o panfleto para ver quem estava dizendo tal asneira, e adivinhem: ninguém! O Panfleto é APà“CRIFO, ou seja, falso, ninguém assina. Taca-lhe pau, Genival!

Genival, o Fiscal do Requião, flagrou a distribuição de um panfleto apócrifo culpando a presidenta Dilma e a candidata a governadora Gleisi, ambas do PT, pelo aumento na conta de luz no Estado. Aí o Genival pensou, mas como pode, se a Copel é uma empresa do governo do Estado? Foi olhar melhor o panfleto para ver quem estava dizendo tal asneira, e adivinhem: ninguém! O Panfleto é APà“CRIFO, ou seja, falso, ninguém assina. Genival não gosto de mentiras. Taca-lhe pau, Genival!

O aumento absurdo nas contas de luz dos paranaenses à s vésperas da eleição pegou muito mal para o governador-candidato Beto Richa (PSDB). Mas Richa não estava disposto a assumir o desgaste pelos atos da Copel, empresa estatal sob seu comando, e construiu um raciocínio complicado para tentar jogar a culpa no Governo Federal. Leia mais

25 de agosto de 2014
por esmael
46 Comentários

Richa bate-boca nas redes sociais por causa de aumento na conta de luz

Nas redes sociais, consumidores dizem não entender o motivo de governo Richa não ter autonomia para segurar reajustes nas tarifas da Copel; em bate-boca com internautas, tucano novamente colocou a culpa do aumento da conta de luz no governo federal; polêmica voltou à  tona nesta segunda-feira (25) quando Richa informou, pelo Facebook, que a estatal paranaense foi eleita a melhor distribuidora de energia da América Latina. De que adianta prêmios se temos uma tarifa alta!, reagiu uma consumidora no perfil do governador.

Nas redes sociais, consumidores dizem não entender o motivo de governo Richa não ter autonomia para segurar reajustes nas tarifas da Copel; em bate-boca com internautas, tucano novamente colocou a culpa do aumento da conta de luz no governo federal; polêmica voltou à  tona nesta segunda-feira (25) quando Richa informou, pelo Facebook, que a estatal paranaense foi eleita a melhor distribuidora de energia da América Latina. De que adianta prêmios se temos uma tarifa alta!, reagiu uma consumidora no perfil do governador.

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, está sendo pressionado pelas redes sociais a se manifestar sobre o reajustão na conta de luz que chegou aos 4,2 milhões de consumidores paranaenses. Leia mais

10 de julho de 2014
por esmael
12 Comentários

Governo Richa se explica à  coluna de Enio Verri mais uma vez

Em sua coluna de segunda-feira (8) aqui no Blog do Esmael, o deputado estadual Enio Verri (PT), criticou a nova solicitação de reajuste de energia enviada pela Copel à  Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), solicitando 25% de aumento na tarifa. A Copel enviou uma nota contestando a coluna de Verri.

Fato semelhante já ocorreu quando o governo pleiteou o primeiro reajuste de 35%, mas recuou diante da repercussão negativa. Naquela oportunidade, Verri criticou o governo em sua coluna, e a Copel solicitou direito de resposta que foi atendido. Respeitando o princípio democrático do contraditório, publicamos a seguir a íntegra da nova mensagem enviada pela Copel:

Em relação à  coluna do deputado Enio Verri, esclarecemos:

Não é a Copel nem o Governo do Paraná quem define o reajuste da tarifa da luz.

A definição do reajuste é, sim, feita pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), do Governo Federal, até porque a distribuição da energia é um monopólio, por isso a Copel não tem autonomia para definir sua tarifa.

O reajuste definido pela Aneel de 35,05% não contempla o diferimento do ano passado, como informou erroneamente o deputado, até porque o diferimento é de 4,34%, e não de 3%, como informou erroneamente o deputado.

A pedido do Governo do Estado, a Copel não aplicará o diferimento de 4,34% neste ano. Se tivesse incluído, somados aos 35,05% definidos pela Aneel, o reajuste agora seria de 39,39%.

A diferença de 3% a que o deputado se refere é porque a Aneel tem uma expectativa ainda maior de acionamento de usinas térmicas nos próximos meses, acionamento este feito pelo Governo Federal.

E é justamente este acionamento de usinas térmicas que tem elevado as tarifas em todo o País.

Companhia Paranaense de Energia!

24 de junho de 2014
por esmael
37 Comentários

Depois de críticas, Richa suspende tarifaço de 35% na energia da Copel

Movimentos sociais, liderados pelo MST e atingidos pelas barragens da Copel, distribuíram panfletos contra o tarifaço de 35,05% de Beto Richa; severamente criticado pelos adversários Requião e Gleisi, tucano "afrouxou o sutiã" e suspendeu o reajustão para os acionistas privados.

Movimentos sociais, liderados pelo MST e atingidos pelas barragens da Copel, distribuíram panfletos contra o tarifaço de 35,05% de Beto Richa; severamente criticado pelos adversários Requião e Gleisi, tucano “afrouxou o sutiã” e suspendeu o reajustão para os acionistas privados.

O governador Beto Richa (PSDB) recuou do aumentão de 35,05% na tarifa da energia da Copel, anunciado nesta terça-feira (24), depois de severas críticas dos adversários Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB). Leia mais

11 de junho de 2014
por esmael
31 Comentários

Em nota, Gleisi se diz “inconformada” com tarifaço de Richa na conta de luz

A senadora Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, resolveu interromper esta semana uma trégua tácita que havia declarado, desde o caso André Vargas, ao governador Beto Richa (PSDB). A parlamentar anunciou que pedirá investigação ao Ministério Público do tarifaço que atende “tão somente os interesses dos acionistas” da Copel.

Pela manhã de hoje, a petista bateu duro no tucano ao afirmar que ele faz “politicagem” com as vítimas das enchentes no Paraná (clique aqui). Agora, na boca da noite, Gleisi se diz inconformada com o reajuste de 32,4% na tarifa de energia da Copel. Leia a nota oficial:

Nota Oficial

Inconformada com a decisão do governo do Estado do Paraná de reajustar em 32,4% a tarifa de energia da Copel, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) vem a público condenar o aumento e solicitar a atenção dos paranaenses para os seguintes pontos:

1- O governador Beto Richa negou-se a aderir ao plano do governo federal para antecipar os contratos de concessão de energia, ficando contra o projeto de baratear a conta de luz de todos os brasileiros, em especial a dos consumidores paranaenses.

2- A inexplicável decisão do governador expôs a Copel Distribuidora S/A à  necessidade de comprar energia muito mais cara no mercado livre para cumprir a obrigação de atender o mercado consumidor do Paraná. Ao invés de pagar o valor de R$ 32,00/MWh definido pelo governo federal, teve de comprar energia por R$ 822,00/MWh, causando um prejuízo de 2469% por MWh aos cofres da empresa que pertence a todos os paranaenses.

3- Em maio passado, o governo federal socorreu as distribuidoras estaduais ao realizar um leilão para entrega de energia imediata. Com isso, a Copel conseguiu sair do sufoco e comprou energia por R$ 268,00 contra os R$ 822,00 que vinha pagando pelo MWh.

4- E, agora, depois das péssimas escolhas do governo estadual, e mesmo após o socorro da União, a Copel apresenta à  Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o maior pedido de reajuste dentre todas as distribuidoras do país, penalizando toda a população e o setor produtivo do

22 de Maio de 2014
por esmael
61 Comentários

Tarifaço do Beto: Copel quer 30% de aumento na conta de luz

Via Folha de Londrina

Apesar de ainda não ser oficial, especula-se no mercado de energia que a Copel deve pleitear um reajuste de 30% na tarifa para a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Depois da solicitação, a agência reguladora analisa o pedido e autoriza qual será o percentual de alta. Em seguida, o governo do Estado decide se aplica ou não o valor definido pela Aneel a partir de 24 de junho.

No final de março, o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer, afirmou à  FOLHA que não esperava um reajuste menor do que dois dígitos para 2014. Vai ajudar compor o aumento deste ano e o restante do reajuste de 2013, que o Estado decidiu não aplicar. No ano passado, a Aneel autorizou um reajuste médio de 14% para a Copel. Mas, em meio à  onda de protestos no País, o governador Beto Richa decidiu aplicar 9,55%, na média, sobrando um “saldo residual” de reajuste de 4,27%.

A Copel informou que vai enviar o pedido de reajuste deste ano para a Aneel até amanhã. A Aneel confirmou que ainda não recebeu o pleito da Copel e que vai divulgar o percentual solicitado pela estatal paranaense no dia 9 de junho.

Segundo a Copel, quatro variáveis vão influenciar na definição do aumento: custos operacionais da estatal já definidos em 1,5%, componentes financeiros, diferimento de 4,27% que sobrou da alta de 2013 e a parcela A, relativa à  compra de energia no mercado livre. Também deve pesar na conta a redução de 18% a 22% que o governo federal realizou nas tarifas de energia em janeiro de 2013.

O balanço da companhia no primeiro trimestre deste ano apontou lucro líquido de R$ 583 milhões contra R$ 398 milhões no mesmo período de 2013, ou alta de 46,3%.

13 de Março de 2014
por esmael
36 Comentários

Coluna do Requião Filho: Apesar de você amanhã há de ser outro dia, Beto!

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, cantarola o "desgoverno" de Beto Richa; atrás daquele sorriso forçado, do abraço à  criança, está o tarifaço da Copel e da Sanepar, a falta de combustível nas viaturas da polícia e o abandono dos professores!, analisa; colunista afirma que tucano vive de ilusões, da mentira, da propaganda, chupinzando! obras do governo federal, endividando prefeituras; Apesar de você amanhã há de ser outro dia, Beto!, repete o refrão; leia o texto.

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, cantarola o “desgoverno” de Beto Richa; atrás daquele sorriso forçado, do abraço à  criança, está o tarifaço da Copel e da Sanepar, a falta de combustível nas viaturas da polícia e o abandono dos professores!, analisa; colunista afirma que tucano vive de ilusões, da mentira, da propaganda, chupinzando! obras do governo federal, endividando prefeituras; Apesar de você amanhã há de ser outro dia, Beto!, repete o refrão; leia o texto.

Requião Filho*

Enquanto o governo Coca-Cola se esforça para vincular a imagem do Beto Richa a coisas positivas, criando a imagem do bom político que gosta de criancinhas e vive com um sorriso estampado no rosto, a SANEPAR e a COPEL tiveram aumentos seguidos de tarifa, a dívida do Estado está beirando o impagável, as viaturas da polícia não têm combustível e os professores estão esquecidos. Mas ainda há esperança. Leia mais