Presidente do Equador entregou Assange por acordo com FMI, diz Rafael Correa

O ex-presidente do Equador, Rafael Correa, acusou o atual presidente equatoriano, Lenín Moreno, de suspender o asilo do ciberativista Julian Assange para conseguir um empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI). LEIA TAMBÉM: Anonymous podem retaliar governo britânico pela prisão de Assange Correa afirmou à Sputnik…

Compartilhe agora
Leia mais Presidente do Equador entregou Assange por acordo com FMI, diz Rafael Correa