23 de junho de 2017
por esmael
37 Comentários

Delação da ‘Operação Quadro Negro’ foi à homologação do STJ

O Superior Tribunal de Justiça recebeu esta semana, em Brasília, os termos para a homologação da delação premiada do empresário Eduardo Lopes de Souza, da Valor Construtora, no âmbito da Operação Quadro Negro, que investiga o desvio de R$ 50 milhões destinados à construção de escolas para a campanha do governador Beto Richa (PSDB) e deputados da base de sustentação do tucano na Assembleia Legislativa do Paraná.

14 de junho de 2017
por esmael
25 Comentários

Alvo de investigação no STJ, Beto Richa escreve sobre “ética” na Folha

O ministro Og Fernandes, do STJ, decidirá sobre a abertura de inquérito para investigar do governador do Paraná Beto Richa (PSDB). Mas esse fato não constrangeu a Folha de S. Paulo, na edição desta quarta-feira (14), publicar artigo do tucano falando sobre “ética” e “ajuste” — dois temas que podem interromper o ilegítimo governo de Michel Temer (PMDB) e levar para a cadeia o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

13 de Abril de 2017
por esmael
7 Comentários

Beto Richa usou mesmo operador de fraude no Porto para negociar propina na Odebrecht

O governador do Paraná Beto Richa (PSDB) não meteu diretamente a mão M… no caso de recebimento propina na Odebrecht. Ele usou as de Teodósio Jorge Atherino, segundo delação do ex-presidente de infraestrutura da empreiteira Benedicto Júnior, o BJ.

4 de Abril de 2017
por esmael
2 Comentários

Richa é uma vergonha. Contra a corrupção e a favor do Paraná

O deputado Requião Filho (PMDB) descreve na coluna desta terça-feira (4) as peripécias do governador Beto Richa (PSDB), no quesito corrupção, que o colocaram na condição de réu no STJ. De acordo com o colunista, o tucano é “tetra” investigado e envergonha o Paraná.

16 de Março de 2017
por esmael
7 Comentários

Fachin, que vai decidir sobre ação penal, recebeu comenda de tucano

O ministro-relator da Lava Jato Edson Fachin que decidirá pela abertura ou não de ação penal contra o governador Beto Richa (PSDB) foi agraciado pelo tucano, em julho de 2015, com a Ordem Estadual do Pinheiro, a mais alta honraria do Paraná.

30 de novembro de 2016
por esmael
8 Comentários

Prisão de policial que ‘sabe demais’ causa paúra no Palácio Iguaçu

richa_teles_foz“Caiu” o policial civil Ademilton Joaquim Telles, conhecido como Teles, preso ontem (29) em operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado na tríplice fronteira. A queda do moço causa paúra no terceiro andar do Palácio Iguaçu.

3 de novembro de 2016
por esmael
54 Comentários

Prefeito tucano afastado denuncia compra de liminares no STJ e STF; assista

por Laura Diniz, no JOTA

fillo_lewandowskiO prefeito afastado de Ferraz de Vasconcelos, em São Paulo, Acir Filló (PSDB), protocolou uma denúncia no Conselho Nacional de Justiça e na Polícia Federal em que relata ter sido procurado por advogados que, mediante pagamento de quantias que variavam de R$ 800 mil a R$ 2 milhões prometiam comprar liminares no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STF).

26 de outubro de 2016
por esmael
19 Comentários

Professores em greve vão às ruas, nesta sexta, denunciar envolvimento de Beto Richa em corrupção bilionária

richa_quadro_negroEducadores em greve há 9 dias no Paraná decidiram realizar atos nesta sexta (28), em todo o estado, para denunciar o envolvimento do governador Beto Richa (PSDB) em esquemas que desviaram R$ 50 milhões destinados à construção de escolas, segundo denúncia da Operação Quadro Negro.

22 de julho de 2016
por esmael
69 Comentários

Verba desviada da educação abasteceu campanha de reeleição do tucano Beto Richa, diz blog Gazeta do Povo

richa_educadoresO blog Gazeta do Povo, edição desta sexta (22), traz reportagem de Felippe Anibal, sobre o desvio de R$ 30 milhões que seriam destinados à construção de escolas no Paraná. Segunda informação, parte do dinheiro abasteceu campanha de reeleição de Beto Richa (PSDB).

7 de junho de 2016
por esmael
4 Comentários

Janot pede a prisão de Renan, Sarney e Jucá por obstrução à Lava Jato

do Brasil 247

janot_sarney_renan_jucaO procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) e do senador Romero Jucá (PMDB-RR), todos do PMDB, por tentarem barrar a operação Lava Jato.

Os pedidos estão com o ministro Teori Zavascki, do STF, há mais de uma semana, segundo reportagem de Globo desta terça-feira (7).

26 de Abril de 2016
por esmael
9 Comentários

Beto Richa usa governo para dificultar investigações de corrupção na Receita Estadual, acusa MP

beto_richaAh, se Beto Richa fosse do PT… Mas não é. O governador do Paraná é do PSDB de Aécio Neves.

Feita essa consideração inicial, vamos aos fatos.

O Ministério Público (PM) acusa a Procuradoria-Geral do Estado do Paraná (PGE) de agir para anular delação do auditor fiscal Luiz Antonio de Souza com objetivo único de blindar o governador Beto Richa (PSDB), citado pelo delator como suposto beneficiário do esquema de corrupção na Receita Estadual.

2 de Abril de 2016
por admin
8 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Do que o governador do Paraná tem medo?

Jorge Bernardi*

A gravidade do cenário político nacional, a divulgação de quase 300 políticos que receberam dinheiro, nos últimos anos, da Odebrecht, e a lista antiga da mesma construtora, da década de 80, do século passado, com outros 500 políticos envolvidos em corrupção, tem dado pouco espaço na mídia para corrupção no Paraná.

Fatos recentes mereceram toda a atenção. a Operação Publicano que apura corrupção R$ 1 bilhão de reais na Receita Estadual, com as ameaças de morte sofridas pelo principal delator, o auditor fiscal Luiz Antônio de Souza. Ele fez acordo e vai devolver ao tesouro do estado R$ 20 milhões de reais, que a Procuradoria do Estado tenta anular.

Também o repentino interesse da defesa do governador Beto Richa em defender acusados na Operação Publicano requerendo ao Superior Tribunal de Justiça, STJ, a dispensa de três testemunhas, que são réus naquele processo: o primo do governador Luiz Abi Antoun, e os auditores fiscais Márcio Albuquerque e Luiz Antônio de Souza. Para quem não tem nada a

26 de Março de 2016
por esmael
18 Comentários

Beto Richa compra blindagem em horário nobre da Globo

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), determinou a veiculação na Globo, em horário nobre, de propaganda sobre a “pujança econômica” do Tucanistão do Sul.

Embora a velha mídia esconda, o tucano está sendo investigado – com autorização do Superior Tribunal de Justiça – pela Procuradoria Geral da República no caso de propina na Receita Estadual que teria irrigado a campanha de reeleição de 2014. O prejuízo ao erário seria de R$ 1 bilhão, segundo o Ministério Público do Paraná.

Quando o STJ autorizou a investigação da PGR, até a Globo noticiou o fato. Mas, com o início da farra publicitária do governo do estado na emissora nenhuma menção ao fato.

Nos últimos dias, Richa tentou dispensar de depoimentos os auditores fiscais da Receita Márcio de Albuquerque Lima e Luiz Antonio de Souza (delator), bem como o lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador, que são peças-chave no inquérito da Operação Publicano.

A subprocuradora-geral da República, Ela Wiecko, no inquérito, investiga o tucano Beto Richa por “crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica para fins eleitorais e corrupção passiva”.

23 de Março de 2016
por esmael
10 Comentários

Citado três vezes em corrupção, Beto Richa vai ganhar música no Fantástico?

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), integra o listão da propina da Odebrecht. É a terceira vez que o tucano é citado em casos de corrupção, por isso deverá ganhar música no programa global Fantástico.

Tal qual seu correligionário de ninho, Aécio Neves (PSDB-MG), lista que se preze sem ele “não vale” (ou “sem eles”, dependendo do ângulo).

De acordo com a Vaza Jato, Richa teria amealhado junto a Odebrecht R$ 200 mil em 24 de setembro de 2010. A bufunfa não consta na prestação de contas ao TSE.

Richa já é réu no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que autorizou a Procuradoria Geral da República (PGR) investigar cobrança de propina na Receita Estadual do Paraná. O dinheiro arrecadado por fiscais abasteceu a campanha de reeleição do governador do PSDB, segundo denúncia da Operação Publicano do Ministério Público. Só aqui foi R$ 1 bilhão saqueado do tesouro estadual.

O terceiro esquema de corrupção envolvendo Beto Richa e seu governo tem a ver com roubo de recursos que seriam destinados à construção de escolas (Operação Quadro Negro). O dinheiro era repassado à empreiteira, mas a obra não saia do papel. Resultado disso: além do prejuízo ao erário, prédios carecem de reparos, faltam vagas aos alunos e as salas de aula estão superlotadas.

Em comum, além de denunciados e relacionados a malfeitos, Aécio e Richa, cada qual com seu respectivo papel, posam de vestais e “guardiões da moralidade”, contra o PT, e defendem o golpe contra a presidente Dilma Rousseff — mesmo não existindo nenhum ilícito cometido por ela.