Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

7 de abril de 2014
por esmael
39 Comentários

Azar pouco é bobagem: Joaquim Barbosa deverá analisar denúncias contra Vargas

Justiça Federal remeterá caso do deputado André Vargas (PT-PR) ao Supremo Tribunal Federal (STF) em dez dias; ministro Joaquim Barbosa, presidente da Corte, deverá analisar o caso do petista que, na sessão solene de abertura dos trabalhos no Congresso Nacional, em fevereiro, o provocou fazendo o gesto de punho cerrado em solidariedade aos petistas José Genoino e José Dirceu presos desde 15 de novembro de 2013; juiz federal Sérgio Fernando Moro, nesta segunda-feira (7), em despacho assinalou que é prematura afirmação de relação de "natureza criminosa" entre Vargas e Youssef; leia o documento.

Justiça Federal remeterá caso do deputado André Vargas (PT-PR) ao Supremo Tribunal Federal (STF) em dez dias; ministro Joaquim Barbosa, presidente da Corte, deverá analisar o caso do petista que, na sessão solene de abertura dos trabalhos no Congresso Nacional, em fevereiro, o provocou fazendo o gesto de punho cerrado em solidariedade aos petistas José Genoino e José Dirceu presos desde 15 de novembro de 2013; juiz federal Sérgio Fernando Moro, nesta segunda-feira (7), em despacho assinalou que é prematura afirmação de relação de “natureza criminosa” entre Vargas e Youssef; leia o documento.

O juiz federal Sérgio Fernando Moro, nesta segunda-feira (7), em despacho, advertiu que é prematura a afirmação de que a relação entre o doleiro Alberto Yousseff, preso na operação Lava Jato da Polícia Federal, e o deputado federal André Vargas (PT-PR) tenha natureza criminosa. Leia mais