4 de novembro de 2013
por Esmael Morais
3 Comentários

Padres “espiões” de Foz do Iguaçu são defenestrados pelo Vaticano

O jornalista e blogueiro Rogério Bonato, de Foz do Iguaçu, de forma didática e bem humorada, conta em sua página que três padres “espiões” foram defenestrado pelo Vaticano a pedido do bispo da cidade, Dom Dirceu Vigine. Os padrecos teriam xeretado e-mails do superior (clique aqui para relembrar).

Sem entrar no mérito do conteúdo das mensagens violadas do bispo, o blogueiro iguaçuense estranha que a Justiça “Divida”, ou seja, do Vaticano, tenha sido rápida ao gongar os três religiosos enquanto a Justiça dos “homens” no país ainda patina no mesmo caso.

Segundo Bonato, “os padres não foram excomungados, exonerados ou banidos da Santa Sé, mas sim apenas suspensos, simplesmente afastados do rebanho, das atividades sacerdotais, sem poder ocupar uma igreja para rezar uma missa, ouvir confissão ou organizar um bingo, por exemplo”. “Estão ajoelhados no milho”, diverte-se. Leia o texto:

Rebuliço celestial!¦ Pecaminosidade virtual

Uma notícia atrapalhou o sono das beatas iguaçuenses. Algumas nem compareceram à  missa dominical e por uma razão um tanto peculiar: faltavam padres nos rituais litúrgicos.

Para relembrar o caso, em julho deste ano, o bispo Dom Dirceu Vigine foi até a delegacia de Polícia Civil e prestou queixa contra nada menos que sete padres. Sua Excelência Reverendíssima queixou-se de invasão da privacidade, já que seu e-mail pessoal teria sido vasculhado pelos sacerdotes, com algumas mensagens supostamente espalhadas pela diocese, o que teria causado incômodo inclusive aos fiéis. Mais de 200 e-mails vazaram, segundo a autoridade católica.

Mas o bispo foi além, mexeu os pauzinhos em Roma, na Congregação para o Clero, no Vaticano, que por sua vez aceitou a denúncia e pediu o afastamento de três p Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo