Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

18 de dezembro de 2013
por esmael
26 Comentários

Requião tenta reviravolta no PMDB. Pessuti se aproxima de Richa

O senador Roberto Requião fez ontem à  noite um gesto à  bancada estadual do PMDB que nunca havia feito antes. Em nota oficial, divulgada em primeira mão aqui neste blog, o parlamentar afagou ineditamente os correligionários do “velho MDB de guerra”.

Na prática, Requião entrou na disputa para valer pelo apoio dos deputados estaduais. Ele enxergou oportunidades quando muitos só viram dificuldades na sua candidatura pelo partido.

Quais fatos tiverem poder de fazer o senador afrouxar o sutiã e tratar os estaduais com carinho? Vamos a eles:

1- O vice-presidente da República, Michel Temer, mandachuva no PMDB, avisou que a legenda lançará candidatura própria (clique aqui);

2- O desafeto Orlando Pessuti movimentou-se para os lados do governador Beto Richa (PSDB) e da bancada estadual (sic) buscando maioria dos convencionais para sagrar-se candidato ao Palácio Iguaçu;

3- Requião isola adversários internos pró-Richa — como o ex-governador — visando consolidar-se como alternativa confiável no campo de Dilma Rousseff;

4- Sem perspectivas de coligação com o PSDB, deputados estaduais peemedebistas terão de optar entre ele — Requião — e Pessuti para liderar o “15” nas eleições de 2014; e

5- Aos petistas, que estão de olho no governo do Paraná, interessa muito a candidatura própria no PMDB. à‰ a certeza de segundo turno na disputa do ano que vem.

A movimentação estranha de Pessuti, que costeia o alambrado do Palácio Iguaçu, pode até parecer inexorável conjunturalmente para quem tenta formar maioria no PMDB com apoio de parlamentares pró-tucano. O diabo é que estrategicamente o ex-governador se isola e gera desconfianças em um campo político liderado pelo PT.

Fruto dessa aproximação do Palácio Iguaçu e distanciamento da ministra Gleisi Hoffmann, do PT, nesta semana, Pessuti poupou o governador Beto Richa de críticas ácidas (clique aqui). Coisa de aliado. Ato contínuo, como se estivesse retribuindo, o tucano concederá a Pessuti amanhã, quinta, a comenda Ordem do Pinheiro! instituída em 1972.

Sabedor que já entrou água no sonho de coligação entre PSDB e PMDB, Requião emitiu nota elogiando os deputados estaduais peemedebistas. Fato inédito, haja vista que o senador vinha utilizando o chicote e a rédea curta como instrumento de conversa com os parlamentares. Leia a íntegra da nota oficial de Requião:

Os deputados estaduais do PMDB estiveram comigo e deram sustentação para que implantássemos programas como o Leite das Crianças, Luz Fraterna, a tarifa diferenciada da água para as famílias mais pobres, a Patrulha Escolar, o Projeto Povo, o Programa Casa da Família, As Clínicas da Mulher e da Criança, o Programa de Desenvolvimento Educacional, o PDE, a recuperação de todas as estradas estaduais, sem pedágio, o Programa Trator Solidário, a isenção e corte de impostos para as micro e pequenas empresas, a construção ou ampliação de 40 hospitais. Enfim, criamos, desenvolvemos e implantamos juntos mais de 300 programas. Da mesma forma que estiveram comigo e deram apoio, eu acredito que estaremos novamente junto, em defesa dos interesses dos paranaenses. Afinal, é o povo do Paraná que nos inspira, estimula à  luta e nos une.!