2 de setembro de 2014
por esmael
30 Comentários

Requião cria personagem “Galo Ezequias” em TV caseira na internet

Latidos de cachorro ao fundo, sussurros da assessoria, atendimentos à s ligações de telefones celulares. “Alô, Caito… Alô, Zacharow…”, atendeu Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, interrompendo ao vivo comentários que faz nas segundas, quartas e sextas-feiras após horário eleitoral na televisão.

à‰ neste cenário tumultuado que Requião apresentou ontem à  noite aos telespectadores/internautas um galo plástico que cacareja ao ser apertado. A confusão tem um quê do auditório do Chacrinha, o Velho Guerreiro, gênio da televisão brasileira.

“Conheça o ‘galo Ezequias’ que participa do meu programa de avaliação do horário eleitoral”, reapresentou na manhã desta terça-feira (2) pelo Twitter.

A ideia do peemedebista é acionar o brinquedinho toda vez que comentar uma “mentira” contada pelo governador Beto Richa (PSDB) no horário eleitoral. Quando apertado, Galo Ezequias! emite um sinal sonoro.

A opinião critica do Galo Ezequias esta abalando toda ridícula fantasia do marketing do Beto Richa. Cocoricó!!, explica o candidato do PMDB.

A TV caseira de Requião foi concebida para driblar a falta de tempo na propaganda partidária. Ele tem dois minutos e 36 segundos contra quase 9 minutos do candidato do PSDB.

Acerca de Ezequias

Ezequias Moreira é da cozinha particular do governador tucano. Era chefe de gabinete do então prefeito Beto Richa (PSDB) na prefeitura de Curitiba, até 2007, quando veio à  tona que sua sogra, Verônica Durau, era funcionária fantasma no gabinete do tucano na Assembleia Legislativa do Paraná !” entre 1996 e 2001. Depois dessa, ganhou a alcunha de Homem da Sogra Fantasma!.

Mesmo o tucano não sendo mais deputado, segundo o Ministério Público, a sogra de Ezequias continuou recebendo pelo gabinete fantasma de Richa.

O ex-diretor da Sanepar devolveu R$ 500 mil para ressarcir os cofres públicos, dinheiro que ele jura ter conseguido através de uma vaquinha! com amigos.

Em julho de 2013, Richa nomeou Ezequias Moreira como secretário Especial do Cerimonial. A promoção do ex-diretor da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) garantiu ao foro privilegiado ao “Homem da Sogra” no Tribunal de Justiça (TJPR). O governador temia que seu ex-chefe de gabinete fosse preso por conta dos desvios.