2 de agosto de 2014
por esmael
17 Comentários

Veja essa: Vice abandona Ogier Buchi

Ogier Buchi, candidato do PRP ao governo do Paraná, ficou sem vice porque o odontólogo Valfredo Dzazio abandonou formalmente a chapa, segundo informa o Blog do Rigon; além do vice, Ogier perdeu dois candidatos à  Assembleia e o primeiro suplente ao Senado, de acordo com homologação do TRE; nesta semana, o candidato do PRP virou réu em ação que pedia impugnação da petista Gleisi Hoffmann e tornou-se alvo de denúncia do PT sobre dois filhos seus que teriam sido nomeados em cargos de confiança pelo tucano Beto Richa; neste sábado (2), em Cascavel, ao rejeitar o carimbo de candidato laranja!, Ogier Buchi disse: "Ofereci meu nome ao povo do Paraná para promover uma mudança!.

Ogier Buchi, candidato do PRP ao governo do Paraná, ficou sem vice porque o odontólogo Valfredo Dzazio abandonou formalmente a chapa, segundo informa o Blog do Rigon; além do vice, Ogier perdeu dois candidatos à  Assembleia e o primeiro suplente ao Senado, de acordo com homologação do TRE; nesta semana, o candidato do PRP virou réu em ação que pedia impugnação da petista Gleisi Hoffmann e tornou-se alvo de denúncia do PT sobre dois filhos seus que teriam sido nomeados em cargos de confiança pelo tucano Beto Richa; neste sábado (2), em Cascavel, ao rejeitar o carimbo de candidato laranja!, Ogier Buchi disse: “Ofereci meu nome ao povo do Paraná para promover uma mudança!.

Segundo o atento blogueiro à‚ngelo Rigon, de Maringá, parceiro do Blog do Esmael, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE) homologou ontem (1!º) quatro renúncias, todas elas do Partido Republicano Progressista (PRP), incluindo o candidato a vice-governador, o odontólogo Valfredo Dzazio. Leia mais

7 de Abril de 2014
por esmael
22 Comentários

André Vargas diz que ainda “avalia” afastamento da vice da Câmara

O deputado André Vargas (PT-PR), colunista deste blog, nesta segunda (7), admitiu que avalia! possibilidade de se licenciar do cargo de vice da Câmara; afastamento estaria em discussão com o presidente da Casa, Henrique Alves (PMDB) desde ontem (6); petista é citado em investigações da PF na Operação Lava Jato por envolvimento com o doleiro Alberto Youssef; licença foi defendida neste domingo pelo líder do PPS Rubens Bueno (PR) para apurar com isenção as denúncias!; há expectativa de que André Vargas, em sua coluna desta terça, dê uma "virada" no caso abrindo fogo inclusive contra petistas.

O deputado André Vargas (PT-PR), colunista deste blog, nesta segunda (7), admitiu que avalia! possibilidade de se licenciar do cargo de vice da Câmara; afastamento estaria em discussão com o presidente da Casa, Henrique Alves (PMDB) desde ontem (6); petista é citado em investigações da PF na Operação Lava Jato por envolvimento com o doleiro Alberto Youssef; licença foi defendida neste domingo pelo líder do PPS Rubens Bueno (PR) para apurar com isenção as denúncias!; há expectativa de que André Vargas, em sua coluna desta terça, dê uma “virada” no caso abrindo fogo inclusive contra petistas.

O vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), flagrado em escutas da operação Lava Jato, que revelaram sua relação com o doleiro Alberto Youssef, não confirmou que se licenciará do cargo como cravou na manchete O Globo na edição desta segunda (7). Leia mais