5 de Fevereiro de 2018
por esmael
8 Comentários

Equador aprova confisco de bens de políticos corruptos e fim da reeleição indefinida

O Equador aprovou neste domingo (4) modificações em sua Constituição. Dentre as propostas aprovadas no Referendo estão o confisco de bens de políticos condenados por corrupção. A proposta obteve “SIM” de 74% do eleitorado ante 26% dos que disseram “NÃO”. Leia mais

29 de novembro de 2017
por esmael
2 Comentários

Entrou água na privatização da Eletrobras

Michel Temer poderá não entrar o que prometera ao mercado, isto é, aos “receptores de mercadoria roubada” como denomina o senador Roberto Requião (PMDB-PR) aqueles que “ganham” ativos privatizados pelo governo. Dito isto, a CCJ da Câmara aprovou nesta terça-feira (28) a convocação de referendo para decidir sobre a privatização da Eletrobras, suas subsidiárias e controladas, bem como outras empresas do sistema energético.

16 de Março de 2014
por esmael
14 Comentários

Perdeu feio, Obama: 95% da Crimeia vota pela Rússia

do Brasil 247
Acaba de sair a primeira pesquisa sobre o referendo deste domingo na Crimeia. Nada menos que 95% da população votou pela anexação à  Rússia (leia mais no site Russian Times).

A vitória da Rússia revela ao mundo uma nova ordem geopolítica global, que substitui a chamada Pax Americana (leia mais aqui).

Nesta segunda, começarão a ser aplicadas sanções à  Rússia, mas nada que altere a realidade. Barack Obama perdeu, Vladimir Putin venceu.

Em crise econômica e com a participação de grupos nazistas, o governo golpista da Ucrânia tende a perder apoio popular a partir de agora.

Nos Estados Unidos, o secretário de Estado, John Kerry, disse que não aceita o resultado. Choro de perdedor.

Leia, abaixo, reportagem da Reuters sobre isso:

Kerry diz que os EUA não aceitarão resultado do referendo da Crimeia

WASHINGTON, 16 Mar (Reuters) – Mais de 95 por cento dos votantes na região da Crimeia, na Ucrânia, apoiam a união com a Rússia, em um referendo neste domingo, de acordo com resultados parciais divulgados pela agência de notícias russa RIA.

A agência disse que os números foram fornecidos por Mikhail Malyshev, chefe da comissão do referendo, depois que mais da metade dos votos foram contabilizados na península do Mar Negro, onde forças russas tomaram controle.

(Por Lidia Kelly)

Leia, ainda, reportagem da Agência Brasil sobre o referendo:

Com fim de referendo na Crimeia, UE e EUA dizem que não reconhecerão resultado

Danilo Macedo Edição: Talita Cavalcante

Terminaram por volta das 15h (horário de Brasília) as votações do referendo na Crimeia, ao Sul da Ucrânia, no qual os eleitores da região responderam se aprovam a reunificação do território como membro da Federação da Rússia e se aprovam a restauração da Constituição da Crimeia de 1992 e o estatuto do território como parte da Ucrânia. De acordo com o governo da região, o comparecimento à s urnas superou os 70% previstos antes do início das votações.

Cerca de 1,5 milhão de eleitores puderam participar da consulta, que se iniciou à s 8h (3h em Brasília) e se encerrou à s 20h em 1,2 mil locais de votação. A crise diplomática envolvendo a península com 2 milhões de habitantes é considerada a mais grave da região desde o fim da Guerra Fria, no início da dé