2 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘Coletes amarelos’ voltam às ruas da França em 12° fim de semana consecutivo

‘Coletes amarelos’ voltam às ruas da França em 12° fim de semana consecutivo

Coletes amarelos em Paris no 12° fim de semana consecutivo

Os ‘coletes amarelos’ tomaram novamente as ruas da França neste sábado (2) para manter a jornada de pressão sobre o governo do presidente francês, Emmanuel Macron, pelo 12º fim de semana consecutivo. ... 

Leia mais

9 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em França: Protestos dos ‘coletes amarelos’ pedem a renúncia de Macron

França: Protestos dos ‘coletes amarelos’ pedem a renúncia de Macron


A capital francesa voltou a ser o palco de novos protestos dos coletes amarelos (gilets jaunes), neste sábado (8), que exigiram a renúncia do presidente Emmanuel Macron e medidas fortes contra as desigualdades sociais e o aumento dos impostos. Em várias cidades do país grupos de coletes amarelos bloquearam estradas, saídas de postos de combustíveis, hipermercados e centros comerciais. Os manifestantes assinalaram também a sua solidariedade com os estudantes secundaristas.

O recuo de Macron na questão do aumento da taxa dos combustíveis não serviu para travar um movimento que ganhou força em todo o país, com reivindicações centradas na luta contra as desigualdades e o aumento do custo de vida.

Os “gilets jaunes” defendem o fim do achatamento das aposentadorias, pensões e do salário mínimo e contra a redução da idade mínima na reforma da Previdência. A agenda dos coletes amarelos reivindicam também a introdução de referendos para decidir sobre matérias de políticas públicas.

O movimento identifica a presidência de Macron como um “governo dos ricos”, que faz aprovar reajustes fiscais a favor dos mais abastados, enquanto os pobres veem a sua vida piorar.

As ações repressivas, com prisões em massa e ataques às manifestações, não impediram a crescente adesão popular ao movimento.

*Com informações da Esquerda.Net (Portugal)
Leia mais